Ljubomir Stanisic
«Temos noção que estamos a comer cancro»

Nacional

Ljubomir Stanisic revela que já teve uma «doença grave» provocada por vírus de peixe cru.

Sáb, 27/07/2019 - 11:45

Ljubomir Stanisic revelou, no programa Fronteiras XXI, da RTP3, que, há alguns anos, sofreu de uma «doença grave», provocada por um vírus que apanhou em África

O chef foi um dos convidados para o debate com o tema «Porque é que somos o que comemos?» e fez a revelação durante a conversa.  

O dono do restaurante 100 Maneiras começou por explicar que é adepto da sustentabilidade. Tudo por causa de ter apanhado o vírus Anisakis, que se encontra no peixe cru, e ter ficado doente. O chef contou que a alimentação saudável foi a única forma de conseguir estabilizar o organismo. 

«Tive uma doença grave»

«Tive uma doença grave. Apanhei em África há muitos anos. E, atualmente, tenho Anisaquíase, que é uma doença a partir de peixe cru. Os parasitas estão instalados no meu corpo. E só consegui estabilizar a minha saúde e o meu organismo através da alimentação.»

O chef mais polémico da televisão, contou também que agora compreende as pessoas que optam por um regime vegetariano. Também ele teve de passar um ano sem ingerir proteína animal. 

«Antigamente 'eu expulsava' um vegetariano do meu restaurante, atualmente é o cliente mais bem-vindo. Eu próprio, durante um ano, não podia comer proteína animal», justificou. 

A Anisaquíase é uma infeção causada por larvas de vermes do género Anisakis. A infeção é adquirida pela ingestão de peixe de água salgada cru ou mal cozido; as larvas escondem-se na mucosa do estômago e do intestino delgado causando desconforto.

«Temos noção que estamos a comer cancro»

Ljubomir Stanisic aproveitou para alertar os telespectadores que é necessário começarem a optar por uma alimentação mais saudável. 

«Temos noção que estamos a comer cancro, porque morrem mais pessoas de alimentação do que do tabaco», afirmou. 

O chef explicou que já existem parte da população portuguesa que tem atenção ao que coloca no prato, mas ainda existe uma grande percentagem que se «alimenta de lixo».

Por último, o protagonista do programa Pesadelo na Cozinha referiu ainda que uma refeição deve começar «primeiro [com] os alimentos quentes, depois os alimentos frios e, depois, os quentes outra vez». Desta vez, o organismo vai funcionar melhor, diz. 

- Diogo Amaral apoia-se em Ljubomir

Texto: Mariana de Almeida; Fotos: Impala e reprodução Instagram

 

 

Siga a Revista VIP no Instagram