Princesa Diana
As revelações inéditas sobre a tensa relação do príncipe Carlos com os pais

Realeza

Antes de morrer, a princesa Diana fez revelações inéditas sobre a tensa relação do príncipe Carlos com os pais, a rainha Isabel II e Filipe de Edimburgo: «não se abraçavam, apertavam as mãos»

Ter, 22/09/2020 - 14:00

O casamento contorbado do príncipe Carlos com Diana Spencer terminou em 1992, mas, mesmo depois da morte da princesa do Povo, este continua a ser um tema muito discutido na imprensa internacional. 

Existem inúmeras obras biográficas da Casa Real britânica com revelações surpreendentes sobre a relação da princesa Diana com o príncipe Carlos e a mais recente conta com algumas declarações da mãe de William e Harry que falam sobre a forma fria como o filho da rainha Isabel II era «amado» pelos pais - a rainha de Inglaterra e Filipe de Edimburgo.

Segundo a autora da obra "Prince Philip Revealed", Ingrid Seward, lady Di falou sobre a infância menos simpática e pouco afetuosa do príncipe de Gales e explicou que a frieza do berço onde foi criado é «culpada» pela forma como o pai dos seus filhos lidou com as emoções do casamento. Segundo Diana, a única coisa que o seu ex-marido «aprendeu sobre o amor foi a apertar as mãos.»

«Diana calculou que se Carlos tivesse sido criado da maneira normal, eteria sido capaz de lidar com as emoções dele e dela», escreveu a autora da obra, que revelou ainda que a princesa Diana confessou que o pai dos seus filhos recebia amor e afeto por parte das babysitters da Coroa.

«Eles [o príncipe Carlos e os pais, a rainha Isabel II e Filipe de Edimburgo] não se abraçavam, apertavam as mãos», explicou Ingrid Seward.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reuters

VEJA AINDA: Revelada carta inédita da rainha Isabel II após a morte da princesa Diana

LEIA TAMBÉM: Princesa Diana recebia apoio de Filipe de Edimburgo em segredo

 

Siga a Revista VIP no Instagram