Pedro Lima
Fernanda Serrano e Mónica Jardim em pranto nos estúdios da Plural: “Foi e será um exemplo”

Nacional

TVI homenageia Pedro Lima. Fernanda Serrano e Mónica Jardim choram em direto nos estúdios da Plural, onde o ator estava a gravar uma novela

Seg, 22/06/2020 - 10:43

Devastadas e em lágrimas, de luto pela morte de Pedro Lima. Mónica Jardim e Fernanda Serrano começaram a homenagem do Você na TV, desta segunda-feira, com uma imensa dor pela partida trágica do ator, que foi encontrado morto na Praia do Abano, aos 49 anos, depois de ter enviado mensagem de despedida a amigos. 

Em direto dos estúdios da Plural, onde Pedro Lima estava a gravar a novela Amar Demais, para a  TVI, Mónica Jardim entrevista Fernanda Serrano e as duas não conseguem conter a emoção, completamente devastadas. 


“Não vai ser fácil, porque é um sentimento de tristeza que se vive nos estúdios da Plural, é aqui que se fabricam as novelas da TVI e foi aqui a segunda casa de Pedro Lima. Ele retomou as gravações na última novela que a Plural estava a produzir para a TVI -  Amar Demais  - e onde contracenou com tantos colegas que hoje são amigos. Não há palavras”, soluça Mónica, pedindo a Fernanda Serrano que deixe umas palavras.

“Morreu um ator e um homem de quem todos gostamos”, começa por lamentar Fernanda Serrano. “Conhecia o Pedro parece que desde a vida toda. Nem me recordo há quantos anos o conheço. Fizemos o primeiro casting juntos. Fizemos a nossa primeira novela juntos. Fizemos a nossa última peça juntos. A última peça dele, a ultima novela dele e a última cena dele. Coincidências da vida...".

"Como é que uma pessoa que encontra soluções tão assertivas, tão corretas, para os outros, não consegue encontrar para a sua própria vida?" 

"Era a pessoa que me puxava para cima, sobretudo estes últimos anos que foram atípicos, diferentes e especiais. Esteve muitíssimo presente. Apresentava-me soluções, encontrava-me caminhos, arranjava sempre forma de me ajudar, perspetivar os problemas de outra forma. Como é que uma pessoa que encontra soluções tão assertivas, tão corretas, para os outros, não consegue encontrar para a sua própria vida? Não atendo, nem nos cabe a nós julgar", questiona Fernanda Serrana. 


"Ensinou-nos a dar, amar, partilhar. É o colega mais correto com quem alguma vez partilhei. Sempre quis aprender com os melhores, foi e será um exemplo para todos nós. Vivia para os filhos, para a Anna, era profundamente apaixonado, era um colega com quem imaginávamos trabalhar até tarde. Partilhavamos muitas inquietações, que todos nós temos", continua a atriz, que era muito próxima de Pedro Lima.

Uma parte da equipa da novela Amar Demais, aquela à qual Pedro Lima pertencia, não estará a gravar, esta segunda-feira, por estar de luto. "É estranho continuar um projeto com este título -  Amar Demais - ele sempre nos amou muito", diz, ainda, Fernanda Serrano.  

"É mesmo difícil", conclui Mónica Jardim, visivelmente abalada. 

Pelas 12h56 desta segunda-feira, dia 22 de junho, está também marcada uma homenagem a Pedro Lima por parte de toda a família profissional. Um minuto de aplausos que acontecerá nos estúdios da Plural e nas instalações da TVI. 

 

 

Texto: Ricardina Batista; Fotos: DR 

Siga a Revista VIP no Instagram