Meghan Markle
Toda a história por detrás do colar que a «afastou» da Casa Real

Realeza

A relação conturbada de Meghan Markle com a Casa Real começou ainda antes de esta assumir publicamente a relação com Harry... e tudo por causa de um colar!

Sex, 31/07/2020 - 13:00

O livro «Em busca da liberdade», a nova biografia de Meghan e Harry, ainda não foi oficialmente publicado, mas já está a dar verdadeiras dores de cabeça à Casa Real.

A última controvérsia que está a dar que falar está relacionada com uma joia simbólica: o colar que o príncipe Harry ofereceu a Meghan Markle quando os dois começaram a namorar, muito tempo antes de os dois assumirem publicamente a relação.

A agora duquesa de Sussex começou a usar o pendente com as iniciais H e M, da The Right Hand Gal, em 2016, quando ainda vivia no Canadá e estava a gravar a série Suits. Os rumores sobre a possível relação começar a surgir e as dúvidas acabaram quando a ex-atriz foi fotografada em Toronto por um paparazzi e as fotos chegaram à imprensa britânica. A notícia não foi recebida com bons olhos por parte da família real, que considerou ser demasiado cedo para o filho mais novo de lady Di assumir uma relação com uma mulher que nada tinha a ver com a realeza.

O livro biográfico explica que, depois de toda a situação comprometedora, os amigos de Harry aconselharam Meghan a manter o colar guardado, mas a mãe de Archie preferiu enfrentar as consequências e decidiu continuar a usar o colar oferecido pelo então namorado. Segundo a obra, esta foi a primeira desavença entre a Casa Real e a «duquesa rebelde».

 

 

Dois anos depois de começarem a namorar – e um ano depois de assumirem publicamente o amor que os une – Meghan e Harry trocaram alianças e, desde então, a duquesa de Sussex começou a ser vista como uma «ameaça» para vários membros da Casa Real, uma vez que quebrou por diversas vezes o protocolo real e nunca escondeu o seu lado mais rebelde e irreverente.

Recorde-se ainda que, no início deste ano, Meghan e Harry anunciaram a vontade que tinham de abdicar dos deveres reais. Desejo que se veio a consolidar no dia 31 de março, data em que os duques de Sussex recuaram como membros seniores da Casa Real e mudaram-se em definitivo para os Estados Unidos, terra natal da ex-atriz e onde atualmente vivem com Doria Ragland, a sogra de Harry, e o filho do casal, o pequeno Archie.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reuters

VEJA AINDA: Meghan Markle perde em tribunal com a imprensa britânica e vai pagar 70 mil euros

LEIA TAMBÉM: William e Harry: Reencontro à vista... e tudo por causa da princesa Diana!

Siga a Revista VIP no Instagram