Filipe Duarte
RTP, SIC e TVI reagem à morte do ator: “Ele nunca fingiu nada”

Nacional

RTP, SIC e TVI reagem com pesar à morte do ator Filipe Duarte, aos 46 anos: «Notícia muito triste e cruel»

Sex, 17/04/2020 - 17:02

Os três canais de televisão generalistas, RTP, SIC e TVI, lamentaram a morte de Filipe Duarte, aos 46 anos, e destacaram o talento do ator. 

Filipe Duarte morreu, esta sexta-feira, dia 17 de abril, na sequência de um enfarte do miocárdio fulminante, deixando o meio artístico português em choque com o seu desaparecimento.

O  responsável pela programação da RTP1, José Fragoso, refere-se à morte de Filipe Duarte como «uma notícia muito triste e cruel». «O Filipe Duarte era um dos atores mais brilhantes do nosso tempo, como ainda se viu recentemente no filme Variações, coproduzido pela RTP», lembra, em declarações à TV7 Dias, o Diretor de Programas da estação pública, considerando a morte do intérprete «uma perda irreparável para a ficção portuguesa».

"Um dos melhores atores da sua geração"

O Diretor-Geral de Entretenimento da Impresa, Daniel Oliveira, fala numa perda irreparável. “O Filipe era um dos melhores atores da sua geração, cuja marca do talento ficará para sempre entre nós. Em nome da SIC, onde o Filipe Duarte trabalhou em projetos como Fúria de Viver ou Teorema de Pitágoras, deixamos as nossas mais sentidas condolências à família e amigos do Filipe».

Já Nuno Santos, consternado, vinca a surpresa pela morte de Filipe Duarte. «Estamos sem palavras. Morreu o Pipo… O Pipo, como todos tratávamos o Filipe Duarte, começou a fazer parte da nossa família desde o inesquecível projeto Equador, onde foi o protagonista, a par de Maria João Bastos e Marco d’Almeida», lembra o Diretor de Programas da TVI.

«Depois disso, foi nosso ator, nosso colega, nosso amigo, nosso conselheiro. Sempre, à distância de um telefonema, de uma conversa, aqui esteve com o seu saber e forma tão peculiar que tinha de olhar o mundo, a profissão e os amigos», continua.

"Recusou sempre um pingo de maquilhagem na tela"

Em comunicado, Nuno Santos recorda ainda a última participação do ator na ficção do canal de Queluz de Baixo. «Em Belmonte, o seu último trabalho com a TVI, Filipe Duarte tomou como verdadeira a responsabilidade de ser o tutor dos 5 irmãos. Adotou-os na tela e no coração. Porque ele era assim. Adotou-os a eles e deixou uma marca em todos nós com a sua entrega, a sua voz, o seu olhar único.»

«Um ator excecional, que recusou sempre um pingo de maquilhagem na tela, como na vida. Porque ele nunca fingiu nada. Porque as personagens que desempenhou, desempenhou-as vivendo pessoas que verdadeiramente encarnou. O Pipo parte enriquecido por todas estas personagens que encarnou, mas também com todas as pessoas onde deixou a sua marca. A TVI endereça sentidas condolências à sua família e amigos. Obrigado, Pipo, por teres passado por aqui», remata o Diretor de Programas da TVI.

Filipe Duarte era casado com a atriz espanhola Núria Mencia. Deixa uma filha, Antónia, de nove anos.


 Leia também: Marcelo Rebelo de Sousa lamenta a morte de Filipe Duarte 
 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Arquivo Impala 

 

Leia a VIP sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção, mas mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . . .

Eis os passos a seguir:

 

1 - Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 - Escolha a sua revista

3 - Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 - Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 - Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 - Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

Siga a Revista VIP no Instagram