William E Kate
Entre no refúgio dos duques de Cambridge que custa 45 mil euros por semana

Realeza

O príncipe William e Kate Middleton voltaram a escolher a exclusiva ilha de Mustique, nas Caraíbas, como destino de férias de verão. Descubra todos os pormenores da mansão milionária escolhida pelos duques de Cambridge para relaxar.

Qui, 01/08/2019 - 08:45

O príncipe William e Kate Middleton aproveitaram o início das férias de verão para passar uns dias num destino paradisíaco, bem longe de Kensington Palace e dos compromissos reais. Os duques de Cambridge refugiaram-se num dos destinos de eleição, a exclusiva ilha de Mustique, nas Caraíbas, e levaram os filhos George, de seis anos, Charlotte, de quatro, e Louis, de um.

O filho mais velho do casal acabou por passar o sexto aniversário na ilha de águas límpidas, na Villa Antilhas, uma das 89 vilas existentes na ilha e uma das mais luxuosas e recentes residências do pequeno paraíso nas Caraíbas.

Com um preço entre os 30 e os 45 mil euros por semana, as vilas têm todas as regalias e comodidades possíveis, desde chefs e mordomos privados, a jardins privados, vistas deslumbrantes para todas as ilhas das Caraíbas e uma enorme piscina.

A Villa Antilhas foi feita à media dos duques de Cambridge, literalmente. A mansão foi projetada por um amigo íntimo do príncipe William, Andrew Dunn, que não pagou nenhuma despesa para obter o resultado final.

Veja na nossa galeria as fotografias deste paraíso no meio do Mar do Caribe.

Mustique fica numa zona de exclusão aérea [não são permitidas aterragens nem voos sobre a ilha], o que permite à realeza descansar e relaxar na mais absoluta intimidade. Nas visitas anteriores, William e Kate aproveitaram para jogar ténis, para fazer snorkeling [mergulho], e para desfrutar de cocktails no Resort de cinco estrelas composto por 89 vilas. Golfe e equitação foram outras das atividades que os membros da família real britânica puderam fazer, bem como saborear pratos de frutos do mar, como lagosta assada.

Este destino está apenas ao alcance de grandes fortunas, mas é o paraíso ideal para quem procura momentos de privacidade. Apesar de ser pequeno, o local tem polícia própria. Segundo o site oficial do Resort, «todos os visitantes devem ser registados nas forças de segurança especiais» para que as autoridades possam saber e controlar quem está no território. 

Texto: Redação Win/Conteúdos Digitais; Fotos: Reuters e DR 

Siga a Revista VIP no Instagram