Cláudia e Patrícia Piloto eram duas filhas muito orgulhosas da sua mãe, a conhecida empresária Lúcia Piloto, na noite da abertura de um novo espaço Lúcia Piloto Cabeleireiros. “A minha mãe é uma inspiração e um orgulho. Eu cresci a ver a minha mãe lançar tudo isto que existe hoje e nunca pensei poder ajudar a fazer crescer, porque eu fui para uma área completamente diferente, para a Gestão. Mas a minha formação deu todo o jeito porque trouxe um cunho mais empresarial no sentido de contribuir para desenvolver o negócio”, diz Patrícia Piloto, que é diretora-geral do grupo e tem o sonho de um dia conseguir internacionalizar a marca. 

 

Cláudia Piloto, que contou com a companhia do marido, Francisco Vaz Guedes, também não poupou elogios à mãe. “A minha mãe é um exemplo, claro que sim. O mais possível. Até porque hoje em dia ser-se empresário é de uma coragem, não só pelo que vivemos no nosso País, acho que no Mundo, mas é uma grande coragem ainda conseguir ser inovador e mesmo assim procurar contribuir para que o País ande para a frente”, afirma.

 

 Para Lúcia Piloto, as filhas representam também o rejuvenescer da marca. “Eu penso que sim, que sou uma inspiração para elas.  Começámos no nosso tempo, eu e o pai, e elas de facto dão continuidade. As empresas precisam de rejuvenescer, e elas são as pessoas certas para rejuvenescer a empresa”, declara a empresária. 

 

Texto: Helena Magna Costa; Fotos: Helena Morais

 

 

Siga a Revista VIP no Instagram