Vip
STÉPHANIE do Mónaco faz cirurgia estética e aumenta o peito

Realeza

Depois de ter inovado nas casas reais europeias com as suas polémicas tatuagens, a filha mais nova de RAINIER rende-se às plásticas
Tem uma lista de ex-namorados bastante extensa. Já foi cantora pop e desfilou modelos das melhores griffes em passerelles. Acumulou escândalos atrás de escândalos e inaugurou a moda das tatuagens entre a monarquia europeia. Quem, senão Stéphanie, para lançar outra moda entre a realeza mundial?

Sex, 19/11/2010 - 00:00

 Tem uma lista de ex-namorados bastante extensa. Já foi cantora pop e desfilou modelos das melhores griffes em passerelles. Acumulou escândalos atrás de escândalos e inaugurou a moda das tatuagens entre a monarquia europeia. Quem, senão Stéphanie, para lançar outra moda entre a realeza mundial? Aos 45 anos, aenfant terrible do Mónaco não se preocupou com protocolos reais e decidiu fazer uma operação ao peito.

O resultado final chega-nos do oceano Índico, onde a filha mais nova do falecido Rainier esteve a passar férias na companhia das filhas Pauline, de 16 anos, e Camille, de 12. Nos areais paradisíacos da Maurícia, onde tem casa, Stéphanie exibiu a sua nova e escultural fisionomia, mostrando que não tem pruridos em submeter-se às maravilhas da cirurgia para enfrentar o envelhecimento do corpo. Vaidosa assumida, a irmã de Carolina não parece, pois, disposta a ver o seu peito descair sob a acção da gravidade ou a perder outros atributos físicos perante a inevitável lei da impermanência. Apesar da proximidade da meia-idade, Stéphanie gosta de vestir biquínis sensuais, em triângulo, seguindo as últimas tendências da moda de praia e não quer sentir-se inferiorizada perante as filhas. Se é verdade que a princesa tem vindo a assumir cada vez mais o seu papel de mãe dedicada, isso não significa que Stéphanie esteja disposta a abdicar do seu sex appeal, uma das suas tradicionais imagens de marca. É que o ego da filha de Rainier foi construído sobre uma personalidade múltipla, própria de uma mulher "faz tudo", que passou a vida a seduzir e a encantar, provavelmente como uma forma de compensar a morte prematura da mãe, a antiga actriz Grace Kelly. E, claro, neste jogo de compensação, ainda resta em Stéphanie qualquer coisa de actriz.

A princesa também nunca conseguiu definir bem o seu posicionamento em relação aos homens que apareceram na sua vida. Após dezenas de romances mediáticos, enamorou-se pelo guarda-costas, Daniel Ducruet, com quem acabaria por se casar. E, mais tarde, voltaria a ter uma nova relação com outro guarda-costas, Raymond Gottieb. O certo é que Stéphanie ousou arriscar em todas as áreas da sua vida. E volta a fazê-lo agora, com mais uma "rebeldia", ao aumentar os seios.

Texto: Nuno Calado Costa; Foto: DR

Siga a Revista VIP no Instagram