Sofia Fernandes
Apresentadora fez tratamentos de fertilidade para engravidar e engordou 30 kg

Nacional

A repórter da SIC fala das dificuldades em engravidar e conta como está a ser a recuperação pós-parto. «Às 38 semanas eu pesava 94,5 quilos», confessa Sofia

Qui, 01/10/2020 - 15:00

Sofia Fernandes revelou que teve de recorrer a tratamentos de fertilidade para engravidar. A repórter da SIC esteve esta manhã, 1 de outubro, no programa Casa Feliz à conversa com João Baião e Diana Chaves.

 Sofia, de 43 anos, foi mãe pela primeira vez há cinco anos e, para engravidar, teve de recorrer a ajuda especializada. «Só tive o Sebastião aos 38. Vamos adiando, por causa do trabalho e somos mães mais tarde, quando a nossa fertilidade não está nos píncaros», começou por dizer. «Demorou um bocadinho, já estava a ficar em stress e um bocadinho ansiosa», recordou ainda.

Sofia foi mãe novamente há seis meses de uma menina, Esperança, em plena pandemia. «Fiquei muito feliz quando conseguimos a segunda vez. Sempre tive o sonho de ser mãe e uma das decisões da minha vida foi que não ia deixar este sonho por concretizar. Queria muito passar por isto, nem eu sabia que ia ser tão feliz como mãe», disse.

Engordou mais de 30 kg e o que fez para recuperar a linha

Sofia Fernandes contou a João Baião e a Diana Chaves que, nas duas gravidezes, ganhou muito peso. «Do Sebastião foram 20 quilos, nesta foram 30», revelou.

«Às 38 semanas, pouco tempo antes da Esperança nascer, eu pesava 94,5 quilos. Estava muito inchada», afirmou, reconhecendo que fez «alguns disparates» durante a gestação.

Depois de Sebastião nascer, a repórter da SIC não se dedicou logo à sua recuperação e só começou a fazer dieta quando o filho tinha dois anos. «Desta vez, deixei passar dois meses até começar a tratar do assunto», disse, contando que, nos últimos quatro meses, já perdeu 19 quilos.

Para isso, Sofia conta com o acompanhamento de uma nutricionista e faz exercício físico regular. No entanto, garante que não faz uma dieta rigorosa: «Da outra vez, foi muito duro, mas agora estou a amamentar e não quis arriscar. Tenho uma dieta muito clássica. Como hidratos ao almoço, por exemplo, mas em menos quantidades. E continuo a acordar às três ou quatro da manhã com fome e tenho de ir comer um snack».

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais

Siga a Revista VIP no Instagram