saúde e bem-estar
Eis os três passos para combater a ansiedade

Saúde e Beleza

Descubra os truques perfeitos para combater a depressão e conseguir encontrar paz de espírito.

Ter, 22/10/2019 - 08:20

A ansiedade é, cada vez mais, uma realidade para muitos portugueses. A Organização Mundial de Saúde [OMS] realizou recentemente um estudo que confirma que cerca de 260 milhões de pessoas no mundo sofrem de ansiedade e mais de 300 milhões sofrem de depressão. Este desgaste físico e mental é muito difícil controlar, mas, no entanto, a revista Hola revelou que existem três passos que podemos introduzir no nosso dia-a-dia que vai contribuir para controlar o stress.

Confira-os:

1. Relaxar

Com a correria do trabalho e das tarefas domésticas, vivemos a um ritmo alucinante e, muitas vezes, dispensamos horas de descanso com receio de não conseguir fazer tudo. Este é o pior e mais comum erro do ser humano: não «ouvir» o corpo e a mente. Por isso é fundamental dispensar alguns minutos do dia para fazer meditação. A meditação é um dos exercícios mais relaxantes, pois controla a respiração, acalma o corpo e tranquiliza a mente. É muito difícil para algumas pessoas desconectar-se dos problemas no momento da meditação. Para facilitar, o ideal é esta num ambiente sossegado, apenas com a luz ambiente e, se ajudar, com música calma num volume muito baixo. A yoga e os pilates também podem ser ótimos exercícios de relaxamento. Os três exercícios ajudam a controlar a respiração, a reduzir a tensão muscular e a eliminar a negatividade que nos envolve. 

 

2. Ter atenção às compras

A ansiedade e a depressão podem ser controlados, ou até mesmo prevenidos, através de uma alimentação saudável e equilibrada. Muitas pessoas caem no erro de se refugiarem em «fast food» e «junk food» quando se sentem mais em baixo, mas isso é um erro, principalmente porque o excesso de açúcar e sal no organismo pode levar a momentos mais tristes e depressivos. «Nós somos aquilo que comemos», e tudo aquilo que ingerimos tem efeitos diretos na forma como nos sentimos, seja física ou psicologicamente. 

O magnésio presente em pão integral, carnes magras, marisco, nozes, frutos secos, vegetais e/ou chocolate preto não deve faltar na nossa alimentação. Este mineral é um excelente redutor de cansaço e da fadiga. Além disso, ajuda a regular o sistema nervoso. Também é importante consumir alimentos ricos em triptofano, presente em bananas, ovos, nozes, cereais integrais, e alimentos com ómega 3 [peixe azul, salmão, nozes, chia e linhaça]. A falta destes minerais e aminoácidos podem provocar nervosismo, falta de concentração e baixar as defesas do sistema imunitário. Também é importante reduzir no café e optar por infusões de chá de tília, maracujá e erva-cidreira.

3. Pratique exercício físico

O exercício pode fazer uma grande diferença no seu estado de espírito. O desporto estimula a produção de endorfinas [hormonas da felicidade], e é um dos grandes aliados para combater a ansiedade e depressão. A prática regular de exercícios tem efeitos antidepressivos, ajuda a melhor o humor e aumenta a sensação de bem-estar. Além disso, também é uma ótima maneira de descarregar más energias e de gerir emoções negativas, como a raiva, a tristeza, a mágoa, o rancor. Atividade física ajuda a melhorar a qualidade do sono e pode contribuir para aumentar a autoestima, segurança e auto-controlo. 

Texto: Redação WIN/Conteúdos Digitais; Foto: DR

Siga a Revista VIP no Instagram