Rosa Grilo chora em tribunal
Arrependida, assume: «Devia ter agarrado no filho e ido embora»

Nacional

Rosa Grilo é presente a julgamento e chora em tribunal: «Estou arrependida de tudo. Devia ter agarrado no meu filho e ter ido embora»

Ter, 17/09/2019 - 15:35

A segunda sessão do julgamento de Rosa Grilo, por alegadamente ter matado o marido, o triatleta Luís Grilo, começou às 9h55 e foi a continuação do depoimento da arguida. 

A juíza insistiu com Rosa Grilo para perceber a sua versão dos acontecimentos. A viúva alega que o triatleta foi morto por «angolanos» que procuravam diamantes. A juíza questionou Rosa Grilo sobre o motivo que a levou deixar o filho sozinho em casa com um dos tais «angolanos» após o homicídio. Em lágrimas, diz-se arrependida. 

«Estou arrependida de tudo. Devia ter agarrado no meu filho e ter ido embora», diz Rosa a chorar. «o meu filho é a coisa mais importante», afirma, revelando que nunca pensou que o menor estivesse a «correr perigo». 

Rosa Grilo foi apanhada a enviar cartas ao amante, António Joaquim, que também está detido. Saiba tudo aqui. 

 

Texto: Jéssica Santos; Fotos: DR 

Siga a Revista VIP no Instagram