Kátia Aveiro
Responde às criticas feitas ao seu corpo

Nacional

"Era só o que faltava uma pessoa com o meu tamanho e peso não poder dançar!"

Ter, 24/03/2015 - 00:00

Através do seu blogue, Katia Aveiro agradeceu o apoio que recebeu durante a sua participação no programa "Dança com as Estrelas", da TVI, mas também respondeu aos que a acusaram de ter peso a mais para dançar. Lembre-se que a irmã de Cristiano Ronaldo foi a primeira concorrente a ser eliminada por vontade do público.
 
“Começo por vos agradecer todo o apoio que senti ao ler a maioria dos vossos comentários aqui no blog e na minha página oficial de facebook. O “Dança com as Estrelas” foi mais um desafio que aceitei de forma honrada e do qual não me arrependo. Dei o meu melhor, esforcei-me para aprender tudo o que me ensinaram e tenho muito a agradecer ao “meu par”. Foram dias maravilhosos, cheios de empenho e alegria em simultâneo. Confesso-vos que nunca esperei ganhar este concurso da TVI, mas ao mesmo tempo tinha alguma esperança de lá ficar por mais uma ou duas semanas, competindo num formato saudável e sempre bem disposto”, esceveu, acrescentando: “Quanto aos comentários pouco postivos, para não dizer pior, acho que foram escritos por pessoas com muito pouco bom senso. E não é por eu ser arrogante que vos digo isto (Quem me conhece bem vai perceber porque me dou ao trabalho de responder). Era só o que faltava uma pessoa com o meu tamanho e peso não poder dançar! Adoro dançar e sei que não sou a única mulher a dançar com mais de 60 quilos. A dança faz bem a qualquer mulher!! Por outro lado, considero-me elegante tal como sou. E até acho que represento mais a maioria das portuguesas, a este nível! Além de tudo isto, sou uma mulher alta e cheia de força. Não faria sentido ter de perder peso para poder dançar! Só aqui no blog foram mais de trinta comentários a sugerirem que eu perdesse peso. Agradeço-vos muito a preocupação, mas apaguei os comentários! Gosto de mim como sou, saudável. Mas isso não implica que tenha de perder peso para poder dançar. E muito aprendi eu em tão poucos dias, em resumo até gostei bastante da minha prestação.”
 
Katia Aveiro falou ainda sobre o facto da sua dança ter sido feita ao som de um relato de futebol: “Não fui eu que sugeri que colocassem bolas de futebol no esquema de dança apresentado. Aliás, por mim, o futebol nem seria para ali chamado. Eu sei que tenho um irmão que é, simplesmente, o melhor jogador de futebol do mundo, mas isso não faz de mim uma nulidade – pelo contrário. Dá-me uma maior responsabilidade sempre que dou um passo em público. Sei que não posso falhar, pois, se isso acontece, cai-me tudo em cima. Já se tentaram colocar no meu lugar?”, questiona. “Eu tenho o direito de lutar e querer ser feliz na àrea em que me sinto bem. Neste caso refiro-me à música, mas poderia ser em qualquer outra. Se o meu sonho sempre foi cantar e se tenho tentado evoluír da melhor forma nesse campo, porque raio haverá tantas pessoas sempre a querer mandar-me abaixo? Eu sempre fiz o melhor que sabia e em Espanha as minhas músicas tiveram bom sucesso. Eu sei que podem estar até mais direcionadas para um público diferente do português e que aqui sejam consideradas “pimba”. Mas e então? Não vou negar as minhas origens nem os meus gostos. Vou continuar a cantar e tenho tido imensos convites para o fazer em festivais e concertos com uma dimensão gigante. Estou muito orgulhosa do meu trabalho, quero vocês gostem quer não. Ter um irmão como o meu acarreta um peso muito grande e sei que são poucas as pessoas que entendem o que isso representa. [...]  O programa foi, tal como o blog, mais um desafio onde fiz questão de dar o meu melhor. E acredito que aos poucos os portugueses me irão conhecendo tal como eu sou. Uma pessoa empenhada e com bom coração, acima de tudo".

 
Foto: Impala 

Siga a Revista VIP no Instagram