Nicole e Daniela, duas das gémeas da Casa dos Segredos, entraram no reality show com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da mãe e da irmã. As jovens, de 20 anos, assumem que a estratégia usada no concurso não foi a melhor e lamentam que o pai, Ernesto Freitas, tenha exposto a vida familiar, refutando que as tenha abandonado e revelado traições amorosas da mãe, Ana Paula Lage. Agora, Nicole e Daniela sonham com a moda e representação.

VIP – Porque foram expulsas?
Nicole – A estratégia de jogo foi feita muito cedo. Devia ter sido mais perto do final.

Ficaram surpreendidas com a grande diferença em relação à outra concorrente?
Daniela – Se tivéssemos sido as primeiras do grupo a sair, ficávamos. Como o Rui saiu com uma percentagem muito grande, já não foi tão chocante, mas é sempre mau.

O que viveram dentro da casa correspondeu às vossas expectativas?
N – Pensávamos que íamos ficar até ao fim. Sempre pensamos isso.

O tempo dentro da casa foi suficiente para fazerem amizades verdadeiras?
N – É verdade que há pessoas que se tentam aproveitar das outras, mas é possível criar algumas amizades.

Ficaram surpreendidas com algum segredos dos outros concorrentes?
D – Sim. Com o facto de a Mara e a Petra também serem gémeas.

As pessoas conheceram a vossa verdadeira essência?
N – Não. As pessoas têm uma ideia relativa ao jogo. Como pessoas, somos muito divertidas. Só quem está lá dentro é que percebe a dificuldade em lidar com pessoas de personalidades diferentes, algo que cá fora não somos obrigados. Isso é difícil e nós explodimos.

Como lidam com o facto de terem visto a vossa vida pessoal nas revistas?
D – Ficamos um pouco desiludidas com o nosso pai. Nunca falámos dele dentro da casa e esperávamos o mesmo dele. Quem entrou no jogo fomos nós e não ele. Mas já estávamos à espera que vasculhasse as nossas vidas.

Quais os vossos planos imediatos?
N – Já nos ofereceram a carta de condução. O que queremos é arranjar um trabalho para deixar bem a nossa mãe e a nossa irmã, Inês. Foi por elas que entramos no concurso.

Profissionalmente, o que queriam fazer?
D – Gostávamos de fazer trabalhos de moda juntas. Moda e representação é o que queremos seguir. Além disso, prosseguir os nossos estudos, eu em Jornalismo e a minha irmã em Comunicação Social.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Luís Baltazar; Produção: Manuel Medeiro; Maquilhagem e cabelos: Vanda Pimentel com produtos Maybelline e L´Oréal Ptofessionnel

Siga a Revista VIP no Instagram