Quem Quer Namorar Com o Agricultor?
Novo agricultor da SIC revela, em direto, que não se inscreveu. "Fui convidado"

Nacional

José Luís, novo concorrente de "Quem Quer Namorar com o Agricultor?", SIC, surpreende ao revelar em direto que não se inscreveu no programa e conta como tudo aconteceu

Qui, 27/05/2021 - 20:20

José Luís Fernandes, de Monforte, é um dos concorrentes de "Quem Quer Namorar com o Agricultor?", SIC, e deu-se a conhecer na manhã desta quarta-feira, 27 de maio, na "Casa Feliz".

"Sou muito caladinho, muito tímido e isto tem-se vindo a agravar com a idade. Às vezes bebo uma cervejinha e fico mais solto", começa por dizer o agricultor. E continua... "Sou um rapaz tímido e as coisas não têm corrido de feição. Depois eu vivo no interior e no interior não é como no litoral. No litoral há muita gente disponível. No interior as pessoas conhecem-se todas umas às outras...", acrescenta.

VEJA: "Tudo sobre a nova temporada de Quem Quer Namorar com o Agricultor"

"Espero, obviamente, encontrar o amor"

"Já fui casado. Não correu bem. Correu bem enquanto durou", conta. E questionado por Diana Chaves sobre a expectativa que tem para o programa em que está a participar e que estreia já no próximo domingo, 30 de maio, José Luís é perentório. "Espero, obviamente, encontrar o amor e que seja uma das quatro senhoras que estiveram comigo (...)", mas realça: "Não vou contar nada."

Quando chegou a altura de perguntar por que razão o agricultor se inscreveu neste reality show da SIC, José Luís respondeu de imediato: "Eu não me inscrevi. Fui convidado por uma senhora da Fremantle. Parece que tem um pesquisador de perfis e eu não liguei nada ao convite e deixei ficar o número de telemóvel. A senhora telefonou-me (...) depois apareceram três senhores da Fremantle para irem à minha propriedade", desvenda.

"A rapariga que estiver comigo não precisa de trabalhar"

E o que faz este agricultor profissionalmente? "À medida de Portugal dá para sobreviver. Sou muito organizado. Não preciso de lá ir todos os dias. Tenho umas vacas e uns sobreiros (...) A minha rotina diária não passa pelo trabalho da agricultura. Tenho vida tranquila, sem grandes sacrifícios e sem calos nas mãos", esclarece.

E acrescenta que as candidatas que ficarão com ele vão ter "uma vidinha santa". "A rapariga que estiver comigo não precisa de trabalhar. Pretendo dar-lhe uma vida próspera", finaliza.

Texto: Andreia Costinha de Miranda; Fotos: Reprodução SIC

Siga a Revista VIP no Instagram