Príncipe William
Homenageia bisavó que salvou família judia no holocausto

Realeza

William faz sentida homenagem à sua bisavó que escondeu uma família de judeus no seu palácio durante o holocausto.

Ter, 28/01/2020 - 15:09

Príncipe William fez um discurso emocionado de tributo à sua bisavó Alice, durante as cerimónias do Holocaust Memorial Day, que tiveram lugar em Westminster, esta segunda-feira, 27 de janeiro, e que assinalaram os 75 anos da libertação de Auschwitz.

A princesa Alice of Battenberg salvou uma família judia, escondendo-a em sua casa na Grécia, depois do exército de Hitler ter invadido o país. William enalteceu o gesto da bisavó, reforçou a «sua incrível coragem» e referiu que esta história «deve continuar a ser contada em sua memória».

«Quando a perseguição dos judeus pelos alemães começou, a princesa Alice pediu para ser informada sobre o destino da família Cohen. Tendo sido informada [...] sobre a situação da sra. Cohen e da sua filha mais nova, a princesa decidiu oferecer hospitalidade às duas: de facto, escondeu-as em sua casa, apesar do perigo que isso implicava. A princesa colocou um pequeno apartamento de dois quartos no terceiro andar, à disposição da sra. Cohen e da filha», contou William.

«Foi graças ao corajoso resgate da princesa Alice que os membros da família Cohen foram salvos. Os membros da família Cohen deixaram a residência três semanas após a libertação, cientes de que, em virtude da generosidade e bravura da princesa, tinham sido poupados aos nazistas», continuou.

«Arriscou a sua própria vida»

O duque de Cambridge referiu que o gesto da sua bisavó foi recordado recentemente pela família Cohen: «A bisneta de Rachel Cohen, Evy Cohen, disse isso há dois anos: a minha família não existiria sem o ato corajoso da princesa Alice».

«A minha geração, a geração passada e a geração futura são, e serão eternamente gratas à bisavó, princesa Alice pelo grande ato de bravura, arriscando a sua própria vida para acolher uma família que precisava», referiu no final do discurso.

Alice foi casada com o príncipe André da Grécia, e era mãe do príncipe Filipe (marido de Isabel II). Morreu em 1969 e em 1988 os seus restos mortais foram levados para Jerusalém.

De recordar que em junho de 2018, William esteve em Israel, visitou o túmulo da bisavó e esteve no Museu do Holocausto Yad Vashem – que atribuiu à princesa o título de Justo entre as Nações, pelo seu papel no resgate de judeus. Segundo o Yad Vashem, a princesa Alice «escondeu os três membros da família Cohen — Rachel, Tilda e Michelle — no seu palácio de Atenas durante a ocupação nazi da Grécia». Graças a ela, a família Cohen sobreviveu e vive hoje em França.

Fotos: reprodução redes sociais

Siga a Revista VIP no Instagram