Princesa Diana
O ódio que a fez querer afastar o príncipe Carlos da Coroa

Realeza

Um novo documentário revela que a princesa Diana odiava tanto o príncipe Carlos que tentou «afastá-lo» da Coroa do Reino Unido.

Sáb, 24/10/2020 - 11:51

Passaram-se 25 anos desde que a princesa Diana deu a polémica entrevista à BBC onde revelou que o seu casamento era vivido «a três», entrevista essa que deu agora origem a um documentário do Channel 4 - Diana, a Verdade por Detrás da Entrevista - onde é revelado o ódio que lady Di sentia pelo marido nos últimos anos de vida.

A princesa do Povo ficou extremamente revoltada quando descobriu que o príncipe Carlos era infiel e mantia em segredo um relacionamento com Camilla Parker Bowles. Este novo documentário dá conta de que a mãe de William e Harry não queria que o pai dos seus filhos assumisse a Coroa do Reino Unido, assunto que fez várias machetes da imprensa internacional. 

A informação foi dada por Max Hastings, que na altura da entrevista era editor do Daily Telegraph, e com quem Diana Spencer teve uma reunião para que todos os segredos da realeza fossem revelados.

«A princesa Diana disse que a única coisa que importava para ela era a sucessão de William ao trono e disse-me, bem explicitamente: "Não acho que Carlos seja capaz de o ser [rei]". O resultado que ela queria ver era Carlos a ser afastado como herdeiro para que William assumisse logo o trono», revelou o jornalista, em entrevista para o documentário.

Este desejo da princesa Diana era o reflexo do sentimento de ódio que sentia pelo ex-marido. Nessa mesma entrevista, dada em 1995, lady Di deixou bem claro que não gostava de Carlos, descrevendo até o seu casamento como «um inferno desde o primeiro dia».

Nos últimos tempos, os britânicos têm discutido a linha de sucessão à Coroa do Reino Unido. Uma vez que o príncipe Carlos já tem alguma idade, existe a possibilidade remota de se 'saltar' um herdeiro e o príncipe William poderá vir a ser o próximo rei de Inglaterra. Pelo menos, esta é a vontade de grande parte dos subditos da realeza, que consideram que o príncipe de Gales não pode assumir o trono 'sozinho', uma vez que é um homem divorciado, com um segundo casamento com a amante que manteve em segredo durante os anos que foi comprometido com lady Di.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: reuters

Siga a Revista VIP no Instagram