José Sócrates
Preso mais três meses

Nacional

Empresário amigo de ex-primeiro-ministro, Carlos Santos Silva, vai para casa, em prisão domiciliária

Sex, 22/05/2015 - 20:15

A Procuradoria-Geral da República informou ao final da tarde que o juíz Carlos Alexandre recidiu rever a medida de coação aplicada a Carlos Santos Silva, o empresário amigo do ex-primeiro-ministro José Sócrates. Assim, o empresário vai passar do regime de prisão preventiva para prisão domiciliária.

No comunicado afirma-se que “o Ministério Público foi notificado de que, relativamente ao arguido Carlos Santos Silva, o juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal decidiu alterar a medida de coacção de prisão preventiva para obrigação de permanência na habitação com vigilância electrónica”.

Carlos Santos Silva, antigo administrador do grupo Lena e sobre quem recaem as suspeitas de ser o testa de ferro dos desvios de dinheiro neste caso, estava em prisão preventiva no estabelecimento prisional da Polícia Judiciária, em Lisboa, onde partilhava cela com João Perna, motorista de José Sócrates.

Siga a Revista VIP no Instagram