Fernando Póvoas
“Preciso do espaço que comprei”

Nacional

O médico espera há mais de um ano para ter imóvel

Ter, 30/10/2012 - 00:00

Enquanto a contenda entre Vítor Baía e Elisabete Carvalho não tem resolução, Fernando Póvoas tem-se visto privado de um imóvel que diz ter adquirido há mais de um ano e onde quer inaugurar uma nova clínica.

Foi precisamente a casa da Foz que levou o médico a apresentar-se no 3.º Juízo Cível do Porto na qualidade de testemunha do antigo guarda-redes. “Não apareceu ninguém e retiraram a queixa. Achei muito deselegante porque não me avisaram e perdi lá uma manhã, tive de desmarcar as consultas todas, para nada”, disse Fernando Póvoas à VIP, visivelmente desagradado com a situação que já se arrasta há demasiado tempo: “O que ela pretende é a casa como casa de família e agora retirou a queixa, não sei se por estratégia ou por ter posto a mão na consciência, mas eu preciso do espaço que comprei há um ano e meio...”. Ainda assim, garante que a relação com o amigo de longa data não sai beliscada: ”Não porque ele cumpriu o acordado. Pediu-me seis meses para sair, depois mais três e ao fim desse tempo cumpriu... Claro que foi com ele que foi feito o negócio e a mulher é dele, não é minha.

Ao que a VIP apurou, Bé desistiu da providência cautelar interposta contra o ex-companheiro, onde exigia a reposição da luz e da água na casa onde mora com o filho de ambos, Afonso, de cinco anos, e também procurou legalizar a moradia como residência de família. Esta desistência ficou a dever-se ao facto de já ter água e luz na habitação, após terem feito prova através de certidões da junta de freguesia e outras entidades que sempre ali viveu.

Texto: Carla Simone Costa; Fotos: Carlos Tavares

Siga a Revista VIP no Instagram