Pedro Pé-Curto
O problema de saúde que o impede de ser pai: «Mexeu comigo»

Nacional

Pedro Pé-Curto abriu o coração a Júlia Pinheiro e revelou que tem uma condição que o impede de realizar um dos seus maiores sonhos: o de ser pai.

Qua, 15/01/2020 - 09:00

 

Pedro Pé-Curto foi um dos convidados de Júlia Pinheiro na emissão desta terça-feira, dia 14 de janeiro, do programa Júlia, da SIC. O ex-marido de Liliana Oliveira abrir o coração à apresentadora da estação de Paço de Arcos para falar sobre a experiência de Casados à Primeira Vista e falou sobre o problema de saúde que o impede de ser pai, um dos seus maiores sonhos.

Receber este diagnóstico foi um processo difícil para Pedro Pé-Curto. «Senti-me efetivamente triste porque o meu sonho é ser pai e numa relação 'natural', a probabilidade é de 1 ou 2 por cento», revelou o professor de Educação Física.

A notícia chegou de uma forma completamente inesperada e «abalou» a auto-confiança de Pedro. «Este problema foi detetado por uma casualidade. Fui fazer um exame e descobri que tinha um Varicocelo [formação de varizes na região do escroto que prejudicam o fluxo sanguíneo local e que podem afetar a quantidade e qualidade dos espermatozóides].

A reação ao diagnóstico: «Mexeu comigo a nível emocional»

Pedro Pé-Curto teve de fazer uma cirurgia e uma criopreservação de espermatozóides. «Mexeu comigo, a nível emocional, porque também me fez pensar: 'qual é a mulher que vai gostar de mim e conseguir encarar isto com naturalidade e dar-me força?'», confessou.

Na sua última relação amorosa, Pedro teve o apoio da namorada para recorrer à reprodução medicamente assistida, no entanto, mais tarde, o professor percebeu que, afinal, a pessoa em causa, que prefere manter em anonimato, não tinha a intenção de construir um projeto de família a seu lado, o que levou à rutura da relação.

«Ela deu-me muita força para eu ser operado, para ver se melhorava, e, por isso, pensei que havia o projeto de construir uma família, o que não se verificou de todo», esclareceu.

Cirurgia confirma probabilidade de engravidar de «1 a 2 por cento»

Mais tarde, Pedro Pé-Curto teve de fazer uma segunda operação que se tornou mais conclusiva e que confirmou que as hipóteses de Pedro vir a ser pai, de forma natural, são apenas de 1 a 2 por cento.

Mesmo assim, Pedro não quis desistir do seu maior sonho e mantém viva a esperança de recorrer a uma técnica medicamente assistida, no futuro.

«Vai ser difícil mas não é impossível», defende, otimista, revelando que, para já, ser pai não está nos seus planos. «Para já, não existe ninguém para ter esse projeto», justificou.

Texto: Mafalda Mourão e Sofia Santos Cardoso | Fotos: Reprodução de Instagram e Divulgação SIC

Siga a Revista VIP no Instagram