Os segredos do frigorífico
Evite estes erros e conserve a comida durante mais tempo

Nacional

Sem nos apercebermos, cometemos erros quando arrumamos os alimentos no frigorífico. Descubra quais e saiba como organizá-lo corretamente, de modo a conservar a comida durante mais tempo!

Sex, 16/08/2019 - 18:20

O método de conservação dos alimentos é fundamental para evitar desperdícios e também para conseguir organizar melhor a sua dieta. É importante saber como utilizar o frigorífico e organizá-lo de forma adequada para as nossas necessidades. A nutricionista da Clínica Tejo Saúde e parceira do Fitness Hut, Catarina Sofia Correia, explicou como se deve conservar os alimentos que compramos. Conheça os conselhos!

O momento da compra

Em primeiro lugar, é preciso ter atenção à conservação dos alimentos logo no momento da compra. Os alimentos refrigerados e congelados devem ser transportados em sacos térmicos e devem ser os últimos produtos a serem selecionados nas compras para a casa. Quando chegar a casa, estes devem ser os primeiros a ser arrumados. É preciso ter atenção ao modo de conservação recomendado nas embalagens dos produtos e respeitá-lo sempre, bem como o prazo de validade. 

Como cuidar do frigorífico

Verifique sempre se o frigorífico se encontra nos 4 graus e o congelador nos 17 graus negativos. Estão são as temperaturas recomendadas para evitar bactérias e micróbios que podem estragar a comida. Nunca encha demasiado o frigorífico, isso dificulta a circulação do ar frio o que faz com que a conservação não seja feita de forma correta. Limpe o frigorífico pelo menos uma vez por mês, mas evite detergentes. O ideal é limpar com um pano húmido. Sempre que se ausentar de casa por muito tempo, tente esvaziá-lo, desligá-lo e deixar as portas do mesmo abertas. Não coloque alimentos quentes no frigorífico e evite abrir e fechar as portas muitas vezes

Arrumar o frigorífico de forma correta

É preciso ter em conta que a temperatura dentro do frigorífico sofre oscilações de acordo com as zonas do mesmo. Por isso, quando o arrumar, deve ter em conta que: 

1. Prateleira superior

Nesta prateleira deve-se colocar lacticínios [iogurtes, manteiga, queijo, natas] e os alimentos ou refeições já cozinhadas

2. Prateleira Intermédia

Na zona intermédia do frigorífico devem ser colocados a carne e o peixe. No entanto, tenha atenção ao prazo de validade deste tipo de alimentos. O peixe dura cerca de 24 horas no frigorífico e a carne entre dois a três dias. Se não o confecionar nesse prazo, o ideal é congelar

3. Prateleiras Inferiores

As prateleiras inferiores são as mais frias do frigorífico, sendo que estas devem ser utilizadas para alimentos em fase de descongelação. Porém, coloque sempre esses alimentos num recipiente, como um prato ou uma tigela, para evitar que a água da descongelação derrame. Os ovos também devem ser colocados nestas prateleiras.

4. Gavetas

As gavetas devem ser utilizadas para conservar frutas e legumes, mas separadamente, uma vez que as frutas contêm uma substância que promove o amadurecimento. Lave sempre as frutas e os legumes antes de os conservar e coloque-as por cima de papel absorvente, para retirar toda a humidade. Não guarde tomate, cebola, abóbora e batatas no frigorífico. O tomate deve ser guardado à temperatura ambiente e os restantes devem ser conservados em locais frescos, escuros e secos. Porém, pode conservar abacate no frigorífico, bem como frutos secos.

5. Porta do frigorífico 

A porta do frigorífico é a zona onde a temperatura mais oscila. Mesmo fechada, é a parte mais quente do frigorífico e, por isso, devem ser colocados os alimentos que resistem melhor a variações térmicas. Ao contrário do que a maior parte das pessoas fazem, os ovos e o leite não devem ser colocados nesta zona. Devem ficar nas portas os sumos, a água, os pickles de conserva e os molhos, como ketchup, maionese e mostarda. Também o azeite pode ser colocado no frigorífico.

Texto: Redação Win/Conteúdos Digitais; Fotos: DR

Siga a Revista VIP no Instagram