Miguel Vieira
Nem uma mão partida o impede de trabalhar

Nacional

Criador encerrou terceira noite do Portugal Fashion.

Sex, 19/10/2012 - 00:00

Sob o tema Perfume, o criador de São João da Madeira fechou com cor e exotismo a terceira noite do Portugal Fashion, que decorre até sabado na Alfândega do Porto. “Fui buscar as paisagens e aves exoticas, com cores muito vivas, muito fluor e também várias essencias, porque vou fazer um teste de perfume para a casa. A coleçao é toda baseada nesses exotismos”, disse Miguel Vieira à VIP nos bastiores do certame de moda.

A par do colorido, o que também não passou despercebido na passarela foi o facto do criador estar magoado numa mão, mas que o volume de trabalho o impediu que permitisse que o engessassem. “Foi há tres semana. Caiu-me uma mesa em cima da mão e ainda estou com bastantes dores, tento aguentar à base de medicaçao para as dores, mas foi numa altura muito complicado, porque conicidiu com a Moda Lisboa e o Portugal Fashion. Não quis por gesso, mas agora depois de tudo sito passar vou ter que fazer qualquer coisa”, disse, revalndo contudo que não é isso que o impede de trabalhar.

Texto: Carla Simone Costa; Foto: Carlos Tavares

Siga a Revista VIP no Instagram