Laura Galvão E Diogo Andrade
Não vivem pressionados com a ideia de serem pais

Famosos

“Ainda não estamos maduros para dar esse passo”

Qui, 24/04/2014 - 00:00

Quando se conheceram, há pouco mais de dois anos, Laura Galvão e Diogo Andrade sentiram de imediato uma enorme sintonia. Porém, entre ambos existia algo que poderia ter determinado o fracasso deste relacionamento: a distância física. Contrariando as tendências, foi precisamente o facto de Diogo, de 28 anos, cuja vida profissional está ligada à área do desporto e educação física, estar no Porto e de a atriz da TVI, de 26, estar em Lisboa, que aproximou ainda mais o casal. A distância, contam, não matou o relacionamento, mas quase os matou a ambos, “aos poucos.” Ultrapassado este obstáculo com a vinda de Diogo para a capital, o casal conta que está, finalmente, a construir a relação com que sempre sonhou, para o que muito contribui a sintonia existente entre os dois. Embora afirmem que vivem sem pressas de saber aquilo que a vida lhes reserva, no futuro de Joana da novela Belmonte, da TVI, e do namorado há espaço para o casamento e, mais tarde, para a construção da família “Galvão Andrade”.

 

VIP – É notória a vossa cumplicidade. O que mais destacam na vossa relação? 

Laura Galvão – A confiança e o à-vontade que temos um com o outro. Encanta-me tudo no Diogo, não tenho algo específico. Talvez o facto de sermos tão amigos e de ele ser uma pessoa humilde e generosa. Depois, é muito quente e prático. Ele é mágico (risos).

Diogo Andrade – A Laura é tudo na minha vida. É linda e maravilhosa. É única, fantástica.

 

O início da vossa relação foi marcado pela distância física. Essa realidade foi determinante para o relacionamento?

LG – Sentimos que a distância não matava a relação, mas ia-nos matando aos poucos. Por isso, acabámos por nunca estar muito tempo longe um do outro. 

DA – Fizemos ambos muitos sacrifícios para que tudo corresse bem. Nem mesmo o facto de estar a conhecer uma pessoa que é figura pública provocou alterações. Nesse aspeto, a minha vida não mudou em nada.

 

Nunca sentiram abalada a confiança que tinham um no outro e na relação?

LG – Sentimos que a confiança se ganha... sentindo. Encarámos o namoro, desde o início, de uma forma séria. Era como se já estivéssemos “casados” e que, devido ao trabalho, o Diogo nem sempre podia estar em casa. 

 

Como vivem o vosso dia-a-dia?

LG – Estamos a aprender, a crescer juntos. Cada dia é mais uma lição. Encaramos o dia-a-dia de forma descontraída.

DA – Adaptamo-nos bem à vida a dois. Treinamos juntos quando a Laura não grava. Fazemos uma vida de casal normal, na vida de casa e na vida a dois. 

 

Quem é mais dado às tarefas caseiras?

LG – É o Diogo que cozinha. A comida dele é maravilhosa. Tudo é resto é dividido, mas quando estou a gravar todo o dia, é ele que trata de tudo.

 

Leia a entrevista completa na edição número 875 da revista VIP, já nas bancas 

Siga a Revista VIP no Instagram