Roberta Medina E O Marido
Mudam as suas prioridades depois de serem pais

Famosos

“A vida com a lua é muito melhor”

Qui, 24/04/2014 - 00:00

No final de maio tem início mais uma edição do Rock in Rio Lisboa. Este ano, o festival comemora dez anos. Uma data que se torna ainda mais especial por ser o primeiro evento a que Lua, a filha de Roberta Medina e de Ricardo Acto, vai assistir. A menina de ano e meio é a luz dos olhos dos pais, que estão casados há quase três anos, que já fizeram questão de a batizar e que revelam ter colocado o trabalho em segundo lugar desde que foram pais. 

 

VIP – Este ano o Rock in Rio Lisboa comemora dez anos, uma data que se torna ainda mais especial – imagino –, porque vai ser o primeiro RiR da Lua, em Portugal?

Roberta Medina – No último RiR, eu tinha a Lua na barriga. O Ricardo vigiava-me muito e chamava-me a atenção para ter cuidado e não parar em frente das colunas, porque não queria a filha a ouvir um som tão alto. Era muito engraçado.

 

Estava preocupado, Ricardo?

Ricardo Acto – Não, o único cuidado era ela não parar em frente das colunas de som. 

RM – Mas eu esquecia-me e estava a curtir... Mas vai ser muito bom trazê-la ao evento. Ela até podia vir connosco nestes dias de montagem, mas está na escola. Nós estamos a respeitar os horários dela. Mas trazemo-la de vez em quando, aos fins de semana. Damos uma corrida por aqui, passeamos... É muito agradável. 

 

Para além dos concertos, o Parque da Belavista é um sítio fantástico para passear e passar um dia em família.

RM – É único e maravilhoso. E ela vai divertir-se muito, aqui. Quando as coisas começarem a animar muito ela vai para casa.

 

Ela tem um ano e meio. Como é que ela está?

RM – Está maravilhosa. Ontem foi muito engraçado, porque ela já começou a tentar falar e faz barulhinhos. Agora tem conversas inteiras, sem falar coisa nenhum, obviamente (risos). Mas ela está ótima, vai muito bem na escola, dá-se muito bem com as outras crianças, quando está com crianças mais velhas fica muito atenta, já tem dentinhos...

 

Então não é uma criança que dê muitos problemas? Dá boas noites? Come bem?

RM – É um presente dos céus. Outro dia eu disse que ela tinha mau feitio e caíram-me todos em cima, porque isso não se diz sobre uma criança. Mas não era isso que eu queria dizer. Eu queria dizer que ela tem uma personalidade forte. 

 

Porque diz isso?

RM – Toda a gente diz que ela é uma cópia do pai, mas com o jeito da mãe. Já desde pequenina que nós percebemos que ela sabe o que quer e o que não quer. Mas, quanto mais nós vamos convivendo com outras crianças, mais nos apercebemos que ela é um anjo. Sempre dormiu muito bem, sempre comeu muito bem, quando saímos é muito bem comportada... Mas há dias em que ela quer outras coisas, diferentes das que nós queremos (risos).

 

Sai a quem? Mais à mãe ou mais ao pai?

RM – É a cópia do pai, mas saiu da minha barriga (risos). Parece que tem o meu génio!

 

Por ser tão bem comportada já pensam no segundo?

RA – Agora queremos usufruir do primeiro ao máximo.

RM – Para já, não. Nós estamos muito apaixonados por ela, por isso, nem queremos pensar nisso agora. Se me perguntar se quero ter outro filho, não quero, não sinto essa vontade, mas o que nós estamos a pensar é que ela tem de ter um irmão. Nós os dois temos irmãos e é muito bom.

 

Leia a entrevista completa na edição número 875 da Revista VIP

Siga a Revista VIP no Instagram