Meghan e Harry
Duques de Sussex entre os mais influentes da Internet

Realeza

Meghan Markle e o Príncipe Harry são um dos casais mais influentes do mundo e um dos assuntos mais pesquisados na Internet

Qua, 17/07/2019 - 19:00

Meghan Markle e o príncipe Harry criaram em abril uma conta no Instagram para dar voz às causas que apoiam e para partilharem um pouco da vida conjunta dos duques de Sussex. O casal tinha uma página conjunta com príncipWilliam e Kate Middleton, mas decidiram criar uma independente.

Desde então, todos os olhares estão voltados para os duques de Sussex. Os duques foram nomeados pela revista Time para a lista das pessoas mais influentes da Internet esta terça-feira, dia 16 de julho. 

A estratégia de marketing dos duques de Sussex

Meghan Markle, de 37 anos, e Harry, de 34, criaram a conta SussexRoyal quando saíram de Kensington Palace, onde viviam com os duques de Cambridge, e mudaram-se para Frogmore Cottage, a casa que os duques remodelaram e que deu asas a comentários menos agradáveis por parte do povo britânico, devido aos gastos milionários pagos com fundos públicos. A conta do Instagram chegou a um milhão de seguidores em apenas seis horas e, até agora, conta com 9,1 milhões.

«Apesar de as fotos do bebé estarem entre os assuntos escolhidos da conta SussexRoyal para partilhar, a maioria dos posts é dedicada ao trabalho do casal como membros da realeza», escreve Raisa Bruner, da Time. «A cada mês, com o objetivo de destacar as organizações que apoiam, com foco em questões como as alterações climáticas e a consciência da saúde mental, a conta segue uma estratégia experiente de chamar a atenção dos seguidores e que tem impulsionado manchetes», acrescenta. Desta forma, os duques de Sussex conseguem dar a conhecer a sua identidade além dos compromissos reais.

Recorde-se que Meghan fez parte da lista Personalidade do Ano de 2018, também da revista Time. Diana Evans, jornalista da publicação, na altura escreveu que «de acordo com uma pesquisa recente da YouGov, o príncipe Harry é atualmente o membro mais popular da Família Real Britânica, e a mulher tem, provavelmente, influência neste reconhecimento». Meghan distingue-se por ser o primeiro membro bi-racial da família real, pelo seus trabalho de caridade e por ser feminista.

As polémicas em torno de Meghan e Harry

Os duques de Sussex têm estado no centro das atenções e não só pelos melhores motivos. Nos últimos tempos, Meghan e Harry têm sido muito criticados pela privacidade do batizado de Archie, pelos gastos milionários na casa nova e pelas atitudes de vedeta da duquesa de Sussex.

Texto: redação Win/Conteúdos Digitais; Fotos: Reuters

Siga a Revista VIP no Instagram