Meghan e Harry
Cumprem promessa e «pagam o que devem» aos contribuintes britânicos

Realeza

Meghan Markle e o príncipe Harry devolvem os 2,4 milhões de libras utilizados na renovação da Frogmore Cottage.

Ter, 08/09/2020 - 13:20

Meghan Markle e o príncipe Harry revelaram, na altura em que foi anunciado o Megxit, que iriam devolver os 2,4 milhões de libras (mais de 2,6 milhões de euros) que foram usados na renovação da Frogmore Cottage, em Londres - a casa oficial do casal no Reino Unido. Pois bem, a promessa foi cumprida. Desde de março que o casal estava a pagar 18 mil libras (cerca de 20 mil euros) mensais pelo arrendamento da propriedade, um valor acima da taxa comercial, de modo a que o excesso fosse usado para pagar a conta das renovações feitas, mas parece que agora tomaram a decisão de pagar a totalidade de uma só vez aos contribuintes britânicos.

Meghan e Harry mudaram-se para a Califórnia com o filho Archie, de um ano, mas vão manter a Frogmore Cottage como a sua casa quando regressarem à Grã-Bretanha, tal como foi acordado com a rainha Isabel II, avó de Harry e responsável por lhes ter oferecido a casa como presente de casamento.

«Foi feita uma contribuição para o Sovereign Grant pelo duque de Sussex. Esta contribuição, tal como originalmente oferecida pelo príncipe Harry, cobriu integralmente os custos de renovação necessários da Frogmore Cottage, uma propriedade da Rainha, e continuará a ser a residência britânica do duque e da sua família», disse um porta-voz do casal em comunicado, referindo-se ao fundo de dinheiro dos contribuintes utilizado para financiar a monarquia do país.

O reembolso acontece depois de Harry e Meghan anunciarem o contrato com a plataforma de streaming Netflix e numa altura em que procuram estabelecer-se em novas carreiras independentes e alcançar uma maior independência financeira.

O objetivo da empresa de produção criada pelo casal é criar documentários, filmes e programação infantil. «O nosso foco será a criação de conteúdo que informe, mas também que dê esperança», explicaram ao The New York Times.

Texto: Inês Marques Fernandes; Fotos: Reuters

 

Siga a Revista VIP no Instagram