Marta Cardoso
20 anos depois, fecha ciclo dos reality shows: «é muito tempo»

Nacional

Marta Cardoso anuncia, em direto no Você na TV!, que vai deixar o mundo dos reality shows no final deste ano

Seg, 03/08/2020 - 12:39

Marta Cardoso esteve no Você na TV, TVI, à conversa com Maria Botelho Moniz (Manuel Luís Goucha está de férias) e anunciou a sua retirada dos reality shows. A agora comentadora da TVI participou no primeiro Big Brother, há 20 anos, e desde então que tem sido chamada para comentar os reality shows no mesmo canal.

Marta Cardoso anuncia agora que esse ciclo chegou ao fim. «O Big Brother faz 20 anos e quando eu soube que voltava fiquei um bocadinho aflita. Pensei, ‘uma marca com este peso o que será que vai acontecer?’. É uma responsabilidade muito grande. É com muito agrado que ao fim de 20 anos eu vejo e espero fechar aqui o meu ciclo de reality. No final deste ano acabou. Pessoas, são 20 anos, é muito tempo, no final do ano acaba-se», revela.

A comentadora assume que passa o testemunho a outros concorrentes e até sabe quem a pode substituir. «Há muito bons concorrentes que já têm acompanhado, o próprio Diogo que tem vindo a acompanhar há muito tempo os reality fará bem no meu lugar», sublinha, terminando:

«Saio deste ciclo de reality da minha vida com o coração cheio. São 20 anos, o Big Brother voltou melhor do que nunca, evoluído, mais consciente e mais sensato, a mim faz-me pensar que há 20 anos comecei um ciclo que hoje termina. Fico muito grata por tudo o que vivi.»

Marta Cardoso e o ramo imobiliário 

Marta Cardoso tinha deixado o meio televisivo para se dedicar ao ramo imobiliário. A concorrente da primeira edição do reality show Big Brother (BB), regressou à TVI no primeiro trimestre deste ano, depois de se ver obrigada a enveredar por outro ramo profissional porque «a televisão é um meio muito instável».

«Estive nos bastidores da TVI, inicialmente na equipa do programa Conta-me Como És e, mais recentemente, em Você na TV!, mas entretanto deixei. Tenho um negócio de venda, arrendamento de casas que compro e depois revendo ou alugo, não são casas de outros», começa por dizer. «É um negócio que tem vindo a crescer e que se tem vindo a solidificar com o passar do tempo», acrescentou Marta Cardoso a uma revista semanal, garantindo que «quis arranjar algo mais certo».

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: Impala e Divulgação TVI

Siga a Revista VIP no Instagram