Odeceixe
Mar e rio com perfume a estevas

Viagens

Dividida entre a praia fluvial e a de mar, possui uma grande ondulação do lado do oceano, sendo por isso uma das praias mais procuradas da Costa Vicentina por surfistas e praticantes de bodyboard

Sex, 02/11/2012 - 00:00

 Na sequência da eleição das 7 Maravilhas Praias de Portugal, sugerimos-lhe esta semana que conheça Odeceixe, na Costa Vicentina. Parte integrante do concelho de Aljezur – que possui uma costa com mais de 40 quilómetros – é uma praia de arribas, com grande extensão de areal, água fria e um agradável aroma a estevas sempre no ar. Dividida entre a praia fluvial (ribeira de Seixe) e a de mar, tem uma grande ondulação do lado do oceano.

É por isso uma das praias mais procuradas da Costa Vicentina por surfistas e praticantes de bodyboard. Contudo, estas características que atraem milhares, também se tornam perigosas, aconselhando-se por isso especial prudência na vazante uma vez que se formam correntes perigosas, sobretudo nos dois extremos da praia. Na baixa-­-mar pode andar umas largas dezenas de metros com pé. A ribeira, que desagua no topo norte da praia, proporciona excelentes condições para a canoagem e passeios de barco. Ainda aproveitando a baixa-mar, siga para sul onde encontrará uma segunda enseada, unicamente acessível na maré baixa: a praia da Adega. Com a maré alta, o único acesso é através de um trilho que desce a falésia.

A par dos banhos e dos desportos, esta praia apresenta uma elevada qualidade paisagística e biodiversidade, uma paisagem de rara beleza do topo das arribas. Estas constituem habitat privilegiado, proporcionando excelentes condições para a observação de aves, como a cegonha branca, o falcão-peregrino ou a gralha-de-bico-vermelho.

Paredes meias com a praia, a simpática vila de Odeceixe, com as suas casas brancas de janelas azuis, convida a momentos de lazer. Vale a pena visitar o moinho de vento, onde ainda hoje se mói farinha. Lá em cima, intercale o olhar entre o mar e a serra. A terminar, prolongue o dia até ao pôr-do-­-sol e deixe-se ficar rodeada pelas arribas xistosas e dunas extensas.

Texto: Carla Simone Costa; Fotos: Impala e DR

Siga a Revista VIP no Instagram