Luciana Abreu e Yannick: Confronto em Tribunal pelas filhas
O silêncio do futebolista e os beijinhos distribuídos pela cantora

Nacional

Luciana Abreu e Yannick Djaló enfrentaram-se no Tribunal de Cascais. Em causa está a alteração da regulação do poder paternal das duas filhas de ambos. Uma guerra que já se arrasta há anos...

Qui, 12/09/2019 - 15:32

A primeira audiência de alteração da regulação do poder paternal das filhas mais velhas de Luciana Abreu, Lyonce, de oito anos, e Lyannii, de sete, decorreu esta manhã de quinta-feira, dia 12 de setembro, à porta fechada no Tribunal de Família e Menores de Cascais. 

Yannick Djaló apresentou-se à Justiça, acompanhado pela namorada, Daisy Gonçalves, e pelo pai, Bocar Djaló. À chegada, mostrou-se sorridente e prometeu declarações para o fim da audiência. Terminada a sessão, o futebolista, que neste momento está sem clube, abandonou o tribunal em silêncio, ao lado do advogado. Apesar do aparato jornalístico, evitaram prestar declarações.

«O processo vai seguir o caminho normal. Esta foi a primeira audiência», declarou apenas o advogado de Yannick Djaló, pedindo desculpa por não se alongar em explicações. Yannick limitou-se a revelar que a próxima audiência «ainda não está marcada». Isso significa, que ainda não foi hoje que ficou conhecida uma decisão sobre as visitas do pai a Lyonce e Lyannii.

Por seu lado, Luciana Abreu escolheu a companhia da amiga íntima e assistente pessoal, Micaela Medeiros, e da «mãe de coração», Odette Raposo, para o confronto em Tribunal. Chegou sorridente, de óculos escuros, e a enviar beijinhos, mas garantiu «não poder prestar declarações». 

Terminada a audiência, Lucy regressou a casa no mesmo registo, a agradecer o «carinho e apoio» e a mandar beijinhos. «Obrigada pelo carinho e pelo apoio, beijinhos», disse.  A advogada da cantora e atriz também se recusou a dar mais explicações. Contudo, Luciana Abreu, Micaela Medeiros e Odette Raposo fizeram questão de celebrar quando já estavam quase fora do recinto do Tribuna de Cascais. As três não esconderam a alegria e até bateram palmas. 

Yannick exige ver as filhas, Luciana reclama pensões em falta 

Luciana Abreu e Yannick Djaló lutam em tribunal pelas responsabilidades parentais das duas filhas. O futebolista disse, numa entrevista à TVI, que não estava com as meninas há mais de dois anos. «Estou privado de as ver... é um direito meu», lamentou. Já Luciana Abreu acusa o antigo marido de não pagar a pensão de alimentos das crianças. Algo que o namorado de Daisy Gonçalves nega.

Já por diversas vezes, Yannick Djaló foi fotografado à porta do colégio de Lyonce e de Lyannii, numa tentativa de ver as meninas, mesmo que de longe. 

Também em entrevista, mas na SIC, Luciana Abreu deu a sua versão da história quando leu um comunicado no qual defende que a aproximação do pai às filhas deve ser gradual, «acompanhada e desejada». «Na minha conta constam as poucas pensões de alimentos que ele pagou», declarou ainda.

 

Texto: Ricardina Batista; Fotos: Tito Calado 

 

 

Siga a Revista VIP no Instagram