Lúcia Garcia
"Estou desacreditada no amor"

Nacional

A manequim diz à VIP que o fim do casamento com Isaac Alfaiate a apanhou desprevenida. Sobre Bruno Aguiar revela que são só amigos

Dom, 16/08/2015 - 15:00

Está separada desde junho de Isaac Alfaiate, mas Lúcia Garcia, de 34 anos, está a reconstruir-se. Admite que foi apanhada de surpresa pela separação e que a filha, Matilde, de sete anos, e os amigos, têm sido o seu maior apoio.

 

Dedicada ao trabalho, afirma que não quer ter uma relação para já e, apesar de ter sido fotografada diversas vezes em clima de cumplicidade com Bruno Aguiar, garante que é apenas um amigo recente que lhe tem feito muito bem.

 

Na praia da Galé, onde vai desde criança, conta à VIP o que espera do futuro.

 

VIP – Mergulhar na praia ao final do dia, é revigorante?

Lúcia Garcia – Há muito tempo que não fazia isto, sabe tão bem! Adoro estar na praia até muito tarde, quando já não está ninguém. Sempre fiz isto em miúda, passei grande parte da minha infância nesta praia, com os meus três irmãos. Tínhamos uma família muito grande, o meu pai sempre trabalhou muito no Algarve e passávamos grande parte das férias cá. Estava sempre em pulgas que acabassem as aulas porque sabia que no dia a seguir vinha para o Algarve. Tenho boas recordações deste sítio e espero passá-las para a Matilde, as boas recordações ficam sempre em nós.

 

A Matilde também gosta de praia?

Adora. Para mim, férias é no Algarve e no Norte, em Viana do Castelo. Adoramos ir para lá, eu não pareço, mas sou “bom garfo”, gosto de comer, vamos sempre ao Norte, pelo menos uma semana, e estamos por aqui, com os primos. E este ano também lhe prometi que ia com ela à Disney.

 

E a Matilde como está?

É superfeminina, aparece com os meus saltos altos, usa as minhas carteiras, os meus bâtons, quer as coisas da mãe, quer ser igual a mim, quer ser grande para ter um carro, é um espetáculo. Eu já fui mais mãe-galinha, agora estou mais calma, chega um ponto em que temos de deixar de os proteger tanto, talvez por isso ela seja mimada, mas também se não lhe dou mimo agora quando é que lhe vou dar? Mas acho que é uma menina feliz, ama a família, passa muito tempo com os avós, adora-os, é uma criança feliz.

 

Agora estão a iniciar juntas uma nova fase da vossa vida. Como é que tem sido?

Estamos muito bem as duas, somos muito amigas. Sempre fomos, mas estamos mais ligadas agora. A Matilde é muito meiga, talvez por ser Escorpião, e percebe que neste momento a mãe precisa de mimo, está sempre a perguntar se preciso de alguma coisa, “mãe, amo-te muito, mãe, adoro-te...” está sempre a dizer-me isto...

 

Leia a entrevista na íntegra na edição n.º943 da sua revista VIP, nas bancas ou aqui

 

Texto: Elisabete Agostinho; Fotos: Helena Morais

Siga a Revista VIP no Instagram