Levanta-te e Ri: o regresso
Fique a par de tudo o que aconteceu no Coliseu dos Recreios (vídeo)

Nacional

Quinze anos depois, o programa Levanta-te e Ri regressou para um espetáculo especial. Entre muita animação e muitas gargalhadas, saiba tudo o que aconteceu no Coliseu dos Recreios

Qui, 11/10/2018 - 09:00

Ver Video

O Coliseu dos Recreios foi o palco de celebração dos 26 anos da SIC, assim como dos 15 anos desde que estreou o programa Levanta-te e Ri.

As memórias do programa que mudou o humor nacional continuam inesquecíveis: «O início foi o que mais me marcou, os primeiros programas. A importância do Levanta-te e Ri foi sobretudo a mudança do humor em Portugal. As pessoas começaram a rir de si mesmas!» partilhou José Figueiras.

Já Miguel Costa destaca momentos e piadas específicas que espera voltar a ouvir : «Por acaso há uma que espero reviver hoje que é a do Aldo Lima com o seu forcado. Para mim é a eterna piada, é dos melhores momentos de sempre do Levanta-te e Ri», partilhou.

Um programa que atravessou gerações graças às lembranças de quem viveu esses momentos. Quinze anos volvidos, foi a hora de os mais novinhos terem a oportunidade de sentir as agradáveis dores de barriga derivadas das gargalhadas.

«Eu conheço bem o nome, mas era muito nova e não me lembro muito bem do que acontecia. Por isso, hoje é uma boa ocasião para ver o que se passava. (…) Não vou sair sem umas boas gargalhadas. Tenho a certeza!», garantiu Carolina Loureiro que na altura tinha apenas dez anos.

Marco Horácio e as piadas sobre Cristiano Ronaldo

Jorge Corrula e Paula Lobo Antunes não resistiram em pintar a entrevista com humor e desafiaram os humoristas: «Quero ver quem vai arriscar com o Cristiano Ronaldo?!».

A curiosidade foi satisfeita desde o início graças a Marco Horácio.

Andreia Rodrigues, Cláudia Borges, Dânia Neto, Diogo Piçarra e Diana Chaves também fizeram questão de estar presentes.

Rui Unas não subiu a palco mas foi a «muleta» de vários humoristas e o mote para uma boa chacota.

Marco Horácio, como nos bons velhos tempos, inaugurou o marcador das gargalhadas que se ouviram até ao final do espetáculo.

Seguiu-se Nilton, Francisco Menezes, Aldo Lima, João Seabra e o seu amigo macaco que deixou muitas saudades.

Quem não podia faltar para fechar este dia de história no humor nacional, foi a língua afiada de Fernando Rocha que não resistiu em despedir-se com a célebre fase que vale muitos «piiiiiiiiis» e não convém replicar aqui mas, que pode ver neste vídeo.

Entrevistas: Joana Caçador    Imagem: João Rui Silva      Edição: Shauna Ashley   

Fotos: DR

Siga a Revista VIP no Instagram