Berlinale
Juliette Binoche e Gabriel Byrne na abertura

Internacional

Um começo morno, com os dois atores a protagonizarem "Nobody Wants the Night"

Seg, 09/02/2015 - 00:00

No ano passado, o Festival de Cinema de Berlim (mais conhecido como Berlinale), abriu com o extraordinário "Grand Budapest Hotel", de Wes Anderson, que, ao triunfar ontem nos Prémios Bafta, se aponta como grande candidato ao Oscar de Melhor Filme; este ano, o filme escolhido para a abertura foi "Nobody Wants The Night", de Isabel Coixet e com Juliette Binoche e Gabriel Byrne nos principais papeis, mas não aqueceu os ânimos na sua apresentação.

O filme narra a história de Josephine Peary, a mulher do explorador Robert Peary que, em 1906, se autoproclamou o primeiro homem a atingir o Polo Norte. Josephine tenta acompanhar o marido o máximo possível do trajeto, mas não consegue atingir o final desejado, acabando por descobrir que, no último acampamento, está uma esquimó grávida também à espera de Robert...

Nos dois primeiros dias, foram ainda exibidos os filmes "The Forbidden Room", de Guy Maddin e com Maria de Medeiros no meio de um enorme elenco, onde pontua Charlotte Rampling, "Sangue Azul", do brasileiro Lírio Ferreira, e "Taxi", do iraniano Jafar Panahi.

Outros filmes a concurso foram entretanto exibidos, como "Mr. Holmes", de Bill Condon, com Ian McKellen, Milo Parker e Laura Linney, "Knight Of Cups", de Terrence Malick, com Natalie Portman e Christian Bale, "45 Years", de Andrew Haigh, com Charlotte Rampling e Tom Courtenay, ou "Queen of The Desert", de Werner Herzog, com Nicole Kidman, James Franco e Robert Pattinson.

Texto: LP; Fotos: Reuters

Siga a Revista VIP no Instagram