Jorge Gabriel
Aplaudido por ir trabalhar um dia após anunciar a morte do pai

Nacional

Jorge Gabriel foi aplaudido por ter estado presente na "Praça da Alegria", da RTP1, esta quarta-feira, um dia depois de anunciar a morte do pai, Albano Fialho, vítima da covid-19.

Qua, 20/01/2021 - 12:08

Jorge Gabriel foi aplaudido por ter estado presente na "Praça da Alegria", da RTP1, esta quarta-feira, 20 de janeiro, um dia depois de anunciar a morte do pai, Albano Fialho, que perdeu a vida aos 96 anos, vítima da covid-19. O apresentador não quis faltar ao trabalho, apesar de estar a viver um momento de dor.

"Desde já, quero te dar os parabéns porque achava que tu não estavas aqui hoje. Por isso, os parabéns de estares a trabalhar e os meus sentimentos", revelou Rebeca, a artista que cantou logo na abertura do matutino. "Obrigado, minha querida! É melhor forma de honrar o meu pai. É fazer aquilo que ele mais gostava que eu estivesse a fazer nesta altura: a trabalhar", começou por explicar Jorge Gabriel.

"Era o que ele queria de certeza absoluta. Infelizmente os serviços fúnebres com doentes covid e mortes covid são impossíveis de serem correntes como todos os outros. Portanto, vamos ter de aguardar para que possamos, aí sim, prestar uma última homenagem", continuou.

O apresentador terminou o seu discurso com uma palavra de agradecimento:

"Obrigada pelas mensagens que me têm enviado, muito obrigado pela forma que me têm transmitido... É um momento muito duro, muito difícil", frisou, afirmando que os pais são "fundamentais" no nosso percurso de vida. "Os pais servem para isso mesmo, para serem um exemplo e para nos guiarem para todo o sempre. Muito obrigada pai por tudo aquilo que me pudeste transmitir ao longo do teu tempo. E vais continuar...", rematou.

Texto: Márcia Alves; Fotos: Reprodução redes sociais

Siga a Revista VIP no Instagram