Pouco mais de um ano depois de terem casado e de terem sido pais de Leonor, Eduardo Madeira e Joana Machado contam à VIP como tem corrido a vida a três. No que ao Natal diz respeito, apesar de ainda não terem iniciado as decorações, o humorista e a atriz confessam que é uma época “alegre” e que a prenda do casal vai ser a tardia viagem de lua­-de­-mel. Otimista, Eduardo aproveitou ainda para fazer previsões para 2015 sobre o estado do País...

 

VIP ­– O espírito de Natal já se faz sentir pelas ruas. Em vossa casa também? Já montaram a árvore ou ainda é cedo?

Eduardo Madeira ­– Ainda não há árvore, mas já há uma certa excitação no ar. Creio que, onde há crianças e mulheres, a quadra festiva é muito bonita. Eu fico feliz por ver a família alegre. A vibração da quadra tornou­-se mais forte. É uma festa muito bonita. Normalmente, fico uma bola. 

 

Esta é uma época que apreciam?

JM ­– Adoro. Fico superfeliz. Os doces, os presentes, o Pai Natal... É todo um imaginário. 

EM ­– Pronto. É isto.

 

Já pediram alguma prenda um ao outro?

JM ­– Quero uma viagem. Ainda estamos a planear a lua­-de­-mel. Agora tem mesmo de ser ou o Pai Natal tem de arranjar uma boa desculpa! [risos]

 

O que costumam fazer no dia 24 e 25 de dezembro? 

EM­ – Comer, beber, conviver e ver o Sozinho em Casa na televisão. 

JM ­– Sim. Passa sempre o Sozinho em Casa. O ator qualquer dia tem a idade do Pai Natal e ainda passa o filme dele em criança.

 

Têm algum tipo de tradição que seja obrigatória cumprir?

EM­ – Fazemos e comemos o normal. Só não aprecio muito bacalhau. Uma gambita, um leitãozito e fico bem. “Contento­-me com o melhor”, como dizia o Churchill.

 

 A vossa filha, Leonor, ainda era muito pequena no Natal de 2013. Agora, com mais de um ano, já vibra com o Pai Natal, os presentes, as músicas e tudo o que envolve esta época?

EM ­– Ela dança com entusiasmo e faz mosh ao som de uma qualquer cantilena natalícia. É uma coisa lá dela.

 

 Suponho que este ano será ela a “rainha” da noite de Natal...

JM ­– É mais uma princesinha. A rainha lá de casa sou eu [risos].

Além de Leonor, o Eduardo também é pai de Rodrigo, de 13 anos. Ele passa a quadra convosco ou com a mãe? 

EM ­– Umas vezes comigo, outras com a mãe. Vai ficar uns dias comigo e segue ao final da tarde do dia 24 para casa da mãe.

 

O Rodrigo gosta de cuidar da irmã?

EM ­– O Rodrigo é muito carinhoso e superprotetor com a irmã. Vou ter um ajudante a correr com os pretendentes dela.

E como é a Leonor?

JM ­– Tem uma personalidade forte. Se gosta, é toda sorrisos; se não conhece bem ou não gosta, fica com ar desconfiado. Mas é muito brincalhona e observadora.

 

É mais parecida com o pai ou com a mãe?

EM ­– Pai.

JM ­– Mãe [risos]. Um bocado dos dois.

 

Sentem que ela vos mudou?

JM ­– Completamente. É tudo diferente na minha vida. 

EM ­– Sim, nada fica igual. Tudo é mais intenso. Tudo faz mais sentido e há uma coisa muito boa que ajuda a ultrapassar os maus momentos.

 

 

Leia a entrevista completa na edição número 907 da VIP

 

Texto: Laura Ribeiro Santos; Fotos: Bruno Peres; Produção: Romão Correia; Cabelo e maquilhagem: Vanda Pimentel, com produtos Maybelline e L’Oréal Professionnel

Siga a Revista VIP no Instagram