Harry e Meghan Markle: contestações na nova casa
Staff do casal tem de pagar 11,50€, por dia, para trabalhar

Realeza

Casa nova, vida nova. Mas os primeiros dias de Harry e Meghan em Frogmore Cottage não têm sido fáceis.

Seg, 15/04/2019 - 15:23

Casa nova, vida nova. Pelo menos é o que se diz na gíria. No entanto, de acordo com a revista Vanity Fair, as polémicas em torno dos duques de Sussex não terminaram com esta mudança para Frogmore Cottage.

Ao que parece, os empregados que trabalham há vários anos na nova morada do príncipe Harry e Meghan Markle foram obrigados, desde o primeiro dia do mês de abril, a abandonar o estacionamento que utilizavam dentro da propriedade, passando assim a utilizar um parque nas imediações.

Ora, o staff da Frogmore Cottage não terá visto com bons olhos esta nova «regra» que os proíbe os funcionários de estacionar no parque de estacionamento que utilizavam há já vários anos. De acordo com a mesma publicação, os empregados do casal vão ter de utilizar um parque público, que fica a cerca de 20 minutos a pé da propriedade, e terão de pagar cerca de 11,50 euros, por dia, para trabalhar.

«Dizer que estamos chateados e aborrecidos é pouco»

«Dizer que estamos chateados e aborrecidos é pouco. Ficámos a pensar que Harry e Meghan não querem olhar para a rua e ver os carros estacionados, ou membros do staff a entrar e sair da propriedade da casa», afirma um dos funcionários à referida revista.

Ainda assim, uma fonte do Castelo de Windsor contou à Vanity Fair que tal decisão não foi tomada pelos duques de Sussex, acrescentando ainda que o parque em questão não será fechado totalmente aos funcionários, mas que terá um acesso limitado.

- William traiu Kate?

Texto: Redação WIN/Conteúdos Digitais; Fotos: Reuters 

 

Siga a Revista VIP no Instagram