Greta Thunberg
Consegue feito histórico com apenas 16 anos

Internacional

Greta Thunberg é um dos nomes do momento. A jovem, de 16 anos, acaba de conseguir um feito histórico.

Sex, 13/12/2019 - 12:45

Greta Thunberg, a conhecida ativista sueca, de apenas 16 anos, foi eleita, nesta quarta-feira, dia 11 de dezembro, a personalidade do ano pela Time. A jovem entrou para história da revista uma vez que é a pessoa mais nova a ser indicada para este título. 

A nomeação ocorre anualmente e dá destaque ao trabalho ou às causas de uma personalidade. Greta Thunberg, que esteve recentemente em Lisboa, deu início a um movimento global de combate às alterações climáticas. 

Para além da adolescente estavam ainda nomeados Nancy Pelosi (líder da Câmara dos Representantes do Congresso dos Estados Unidos), Donald Trump (Presidente norte-americano), o denunciante anónimo que está na origem do processo de ‘impeachment’ a Trump e os manifestantes de Hong Kong

Curiosamente, a fotografia da capa da publicação foi tirada numa praia de Lisboa, não identificada, durante os dias em que esteve no nosso País. 

«Quando a 'Time' me pediu para fotografar a Greta, pensei logo como podia tirar um retrato que combinasse gentileza e ao mesmo tempo coragem. Não foi uma tarefa fácil», confessou Evgenia Arbugaeva, a fotógrafa.

A imagem foi tirada a 4 de dezembro passado, um dia após a chegada da ativista a Lisboa. Dois dias antes, a fotógrafa esteve em Lisboa à procura de uma praia perfeita para o retrato.

«Um dia encontrei uma praia calma quase deserta apenas com alguns pescadores. Pensei que era o local perfeito, uma vez que considerei que era importante ter privacidade uma vez que há sempre multidões onde quer que Greta esteja», revelou.

Vencedores do título de Personalidade do Ano da Time 

A tradição de escolher uma Personalidade do Ano começou em 1927, quando os editores da revista se depararam com uma semana de poucas notícias e não sabiam o que escrever. A ideia tornou-se absolutamente viral e a importância deste título perdura nos dias de hoje.

O primeiro vencedor chamava-se Charles Lindbergh (1902-1974). Trata-se da primeira pessoa que pilotou um avião sozinho, sem parar, através do Oceano Atlântico, de Nova Iorque [Estados Unidos da América] a Paris [França].

Mahatma Gandhi (1930), Franklin D. Roosevelt (1932, 1934 e 1941), Adolf Hitler (1938), Josef Stalin (1939 e 1942), rainha Isabel II (1952), Charles de Gaulle (1958), Papa João XXIII (1962), Martin Luther King, Jr. (1963), Richard Nixon (1971 e 1972), Ronaldo Reagan (1980 e 1983), Bill Clinton (1992 e 1998) e Papa João Paulo II (1994) são algumas das pessoas que já foram distinguidas com o título.

Do ano 2000 até agora, já venceram nomes como: George W. Bush (2000 e 2004), Vladimir Putin (2007), Barack Obama (2008 e 2012), Mark Zuckerberg (2010), Papa Francisco (2012), Angela Merkel (2015) e Donald Trump (2016). 

Em 2017 foram distinguidas as pessoas que falaram abertamente sobre o assédio e o abuso sexual, que deu origem ao movimento #MeToo (#EuTambém, em português). Já no ano seguinte, a homenagem foi para os jornalistas que enfrentaram perseguição, prisão ou assassinato por causa das respetivas reportagens.  

- Até Greta Thunberg «se irritou» com o alegado furto do perfume de José Castelo Branco 

Texto: Ivan Silva; Fotos: Impala e Reuters 

      

 

 

 

Siga a Revista VIP no Instagram