Felipa Garnel recusa-se a falar sobre a TVI:
É Diretora de Programas mas não diz uma palavra sobre a TVI

Nacional

Felipa Garnel esteve presente na estreia do musical Chicago, no Teatro Trindade. A Diretora de Programas da TVI recusou-se a falar sobre a estação de Queluz de Baixo.

Qui, 12/09/2019 - 19:30

Sobre a TVI, nem uma palavra. Foi esta a postura adotada por Felipa Garnel, que iniciou funções como Diretora de Programas do canal de Queluz de Baixo há pouco mais de um mês, esta quarta-feira, dia 12 de setembro, à margem da estreia do musical Chicago, em cena no Teatro da Trindade, em Lisboa.

Minutos antes de entrar para a sala de espetáculos, a nova decisora dos destinos da TVI começou por se dizer, sorridente, «muito entusiasmada e doida para ver» o musical. «Tem um elenco fantástico. Sou muito fã de musicais. Já vi o Chicago mais do que uma vez, em Londres e em Nova Iorque. As expectativas estão altíssimas. Já ouvi dizer tão bem, tão bem que espero que seja fantástico», confiou.

«Cansada, mas aqui estou»

A presença é também um sinal de apoio a Diogo Infante, o encenador de Chicago e conhecido rosto da ficção da estação detida pela Media Capital. «Claro! Meu amigo de há muitos anos. Não podia faltar. Jamais. Cansada, mas aqui estou», deixou escapar, limitando-se a acrescentar: «Tem sido difícil».

Na tentativa de perceber como Felipa Garnel está a viver o período conturbado pelo qual passa a TVI, depois de, em fevereiro, ter perdido a liderança para a SIC e não mais a ter conseguido agarrar, insistimos no tema. «Não, não, não. Falaremos no tempo certo», prometeu.

Já no dia anterior, na apresentação à imprensa da nova novela do canal, Na Corda Bamba, que se estreia no próximo domingo, Felipa Garnel evitou cruzar-se com os jornalistas, abandonando o evento logo após o visionamento do primeiro episódio da história assinada por Rui Vilhena.

Moniz assume comportamento igual

A plateia do Teatro da Trindade esteve repleta de figuras públicas, como Catarina Furtado, Maria João Abreu, Sara Barradas, Ana Zanatti, Gabriela Sobral, Inês Herédia, Pedro Lima e Marcatónio Del Carlo.

José Eduardo Moniz, o Consultor para a Ficção da Media Capital, também não faltou à estreia de Chicago. Eduardo Moniz negou-se a falar, alegando que a noite era de teatro.

Texto: Dúlio Silva com redação WIN | Fotografias: Marco Fonseca e Impala

 

Siga a Revista VIP no Instagram