Aos 40 anos, Rui Unas conta que é um homem feliz em todos os domínios da sua vida. Para marcar esta data, lançou a autobiografia ficcionada Nascido e Criado na Margem Sul, que tem sido um sucesso.

Além da literatura, esteve envolvido em vários projetos na televisão, mas agora, com o fim do programa Vale Tudo e da novela Sol de Inverno, o ator quer gozar férias com os dois filhos, André e Rafael, e com a mulher, Hanna.

VIP – Quais têm sido as reações ao livro?
Rui Unas – Têm sido ótimas. Fico muito feliz por perceber que, tal como era pretendido, o livro não é exclusivo para pessoas da Margem Sul.

O livro ficou exatamente como queria?
Não. Apesar de ter demorado dois anos a escrever, porque foi feito em função da minha disponibilidade, e também da minha inspiração, houve muita coisa que ficou por dizer.

Cresceu na Margem Sul e, hoje, ainda lá vive. Porquê? Sente-se melhor lá?
Confesso que, quando fui morar para a zona de Sesimbra, não vinha tantas vezes a Lisboa. Se fosse hoje, pensava duas vezes. Mas o certo é que tenho dois filhos pequenitos e que estão numa zona maravilhosa para crescer. E mesmo que vá viver para Lisboa, serei sempre da Margem Sul (risos).

Que sonhos ainda tem por concretizar?
Ainda me falta fazer muitos filmes, muitas novelas, se calhar escrever mais livros... Não tenho nenhum particular. Se eu trabalhar para que as coisas aconteçam, e se o meu trabalho for suficiente, as coisas acontecerão. Essa é a minha única premissa. Portanto, está tudo muito dependente de mim e do empenho que eu der às coisas

Leia a entrevista completa na edição 879 da Revista VIP

Texto: Laura Ribeiro Santos; Fotos: Luís Baltazar; Produção: Nucha;
Cabelo e maquilhagem: Vanda Pimentel com produtos Maybelline e L'Oréal Professionnel

Siga a Revista VIP no Instagram