Fátima Lopes sobre Eduardo Beauté
«Isolava-se bastante nos últimos tempos. Por opção dele»

Nacional

Fátima Lopes fala sobre a morte «precoce» de Eduardo Beauté, amigo de longa data: «Resguardava-se muito nos últimos tempos e não permitia muito contacto.»

Sáb, 14/09/2019 - 12:27

A lidar com «tristeza» com a morte de Eduardo Beauté, Fátima Lopes quebrou o silêncio sobre o desaparecimento do amigo, de cujo casamento com o modelo Luís Borges a apresentadora foi madrinha, ao lado de Fernanda Serrano, Ana Sofia Martins e Sara Sampaio.

Confrontada pela VIP, à margem das semifinais da 47.ª edição dos International Emmy Awards, um evento que Lisboa voltou a receber, na noite desta sexta-feira, a estrela da TVI reagiu: «Não deixa de ser uma morte precoce, de que não se está à espera. Estas coisas é aceitar... Sou uma pessoa bastante religiosa».

É, portanto, na fé que Fátima Lopes se está a suportar. «Acredito que há um propósito, que há uma razão. Acredito que Deus saberá porque é que o quis levar nesta altura da vida dele e eu aceito. Não vivo zangada. O que faço é procurar resguardar o mais possível as memórias que tenho dele. E tenho muitas», salientou.

Memórias essas que foram sendo construídas ao longo dos últimos 25 anos, embora a apresentadora não negue que não tenha mantido contacto regular com Eduardo Beauté nos seus últimos tempos de vida. Mas por escolha do cabeleireiro, assegura a anfitriã do programa A Tarde É Sua. «Nos últimos tempos, não. O Eduardo isolava-se bastante nos últimos tempos. Por opção dele. Contrariamente ao que se disse, que as pessoas não o procuravam, o Eduardo resguardava-se muito nos últimos tempos e não permitia muito contacto. E eu respeito. Sempre o fiz.»

«Senti que ele precisava mais do seu tempo. E eu respeito, porque eu também tenho muitos em que preciso de estar mais sozinha. É normal», tentou desvalorizar a apresentadora, que não esteve presente nas cerimónias fúnebres do hairstylist, que decorreram na Marinha Grande, de onde era natural.

Filhos de Beauté são a «maior preocupação»

Os resultados preliminares da autópsia indicam que Beauté morreu, aos 52 anos, de causas naturais, vítima de uma embolia cerebral, tendo sido encontrado em casa, há precisamente uma semana, por três amigos italianos, com quem ia abrir um negócio, e a amiga de longa data, Alice, que o ajudava na educação dos filhos.

Faltam, contudo, ser revelados os resultados das análises toxicológicas, o que pode demorar um mês.

Bernardo (oito anos), do qual era apenas tutor legal, Lurdes (sete) e Eduardo, ambos adotados somente por si, estão agora provisoriamente ao cuidado do modelo Luís Borges. À VIP, Fátima Lopes garante que vai manter-se alerta às criança. «São a minha maior preocupação», sublinhou.

Texto: Dúlio Silva e Ivan Silva | Fotografias: Tito Calado e Impala

Siga a Revista VIP no Instagram