Exclusivo: João Pedreiro fala sobre o carismático Jaques da Silva
«Acordei o ator que esteve 14 anos a dormir»

Nacional

João Pedreiro conta-nos como abraçou o desafio de interpretar Jaques da Silva na novela Valor da Vida, da TVI: «Era uma personagem perigosa!»

Qui, 14/03/2019 - 16:32

João Pedreiro não ficou de fora do «Maior Espetáculo da Terra» e sambou ao ritmo das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, durante o Carnaval deste ano. 

Em declarações exclusivas ao site da revista VIP, o ator falou sobre o seu mais recente desafio: interpretar o carismático Jaques da Silva, na novela Valor da Vida, da TVI (ainda em exibição no pequeno ecrã). 

«Este papel foi um grande desafio para mim. Primeiro, porque voltei a representar, 14 anos depois. Depois, porque era uma personagem perigosa, isto porque podia correr o risco de não ser bem aceite pelo público, caso ficasse só no 'boneco'. O grande desafio foi humanizá-lo ao máximo, para que deixasse de ser a 'bicha'. Acho que isso cativou os telespectadores», começa por nos contar.

O rosto da estação de Queluz de Baixo tem recebido muito carinho por parte do público, provando o bom trabalho que desempenhou ao dar vida ao assistente da personagem interpretada pela atriz brasileira Carolina Kasting (Camilla Vasconcelos). «As pessoas perguntam-me muito por onde é que eu andava, porque nunca me viram! E dizem que agora estão muito curiosas para me verem em outros registos», revela.  

«Acordei o ator que esteve 14 anos a dormir»

O artista, que já foi diretor de atores em inúmeros projetos, entre os quais Ouro Verde, vencedor do International Emmy Award para melhor telenovela de 2018, confidenciou-nos que o facto de ter regressado à representação, e logo com esta aventura, «reacendeu a chama» e que agora «quer continuar à frente das câmaras». «Acordei o ator que esteve 14 anos a dormir. Para além disso, existe a hipótese de voltar ao teatro, uma vez que me entregaram, muito recentemente, uma peça para ler, o que me deixa muito feliz», conta, com um grande sorriso no rosto.  

«Antes de começar a trabalhar na direção de atores, fiz mais de 30 espetáculos de teatro. Trabalhei no Teatro da Trindade, no Teatro Nacional D. Maria II, entre outros. Em televisão, este foi o 1.º projeto. Nunca tinha feito uma personagem com continuidade em TV, apenas participações pontuais», completa. 

«Nos Morangos eu era o pai deles todos» 

João Pedreiro foi um dos diretores de atores na mítica série da TVI Morangos com Açúcar. «Eu era o pai deles todos», comenta, entre gargalhadas. 

«O diretor de atores prepara e ajuda os atores na construção das personagens. No fundo, é ele quem define o tom das várias personagens, para que funcionem todas para o mesmo lado. Isto é, para que o 'puzzle' encaixe bem. O diretor está sempre em contacto com o autor do projeto, para irem trabalhando o desenvolvimento das personagens em conjunto, e acompanha as gravações para ajudar o ator nas cenas. Trata-se do olhar exterior que é essencial», começa por explicar.

«Para além disso, e talvez o mais importante... é o psicólogo de todos os atores! É ele que faz a gestão de energias, cansaços, conflitos e tudo o que oito meses de trabalho muito intenso pode provocar», esclarece ainda o artista.  

Veja aqui um excerto da personagem Jaques da Silva, em Valor da Vida:

- Exclusivo: Pedro Carvalho e a nova vida no Brasil

Texto: Ivan Silva; Fotos: DR e reprodução Instagram 

Siga a Revista VIP no Instagram