É preciso recuar 15 anos até ao momento em que Carlos Cruz foi condecorado por Jorge Sampaio, na época Presidente da República, com a Ordem do Infante D. Henrique. Isto aconteceu antes de o antigo apresentador, agora com 72 anos, ter sido condenado, em 2010, no processo Casa Pia por abuso sexual de crianças, estando atualmente detido na Prisão da Carregueira, em Sintra, onde cumpre o tempo que falta da pena de seis anos a que foi condenado. Agora, ficou a saber-se que teve início um processo de irradiação da Ordem do Infante D. Henrique, de modo a que o ex-apresentador perca a respetiva medalha, tal como foi confirmado por Manuela Ferreira Leite, presidente do Conselho das Ordens Nacionais, naquele que será um acontecimento inédito.

Esta decisão gerou uma onda de indignação em pessoas próximas de Carlos Cruz. Por exemplo, Ricardo Sá Fernandes, o advogado do ex-apresentador – que a VIP tentou contactar sem sucesso até ao fecho da edição – já fez saber que irá contestar a decisão do Conselho das Ordens no Tribunal Administrativo, por considerar que a mesma não só é injusta como inconstitucional.

 

Menos contida nas palavras foi Marta Cruz, filha de Carlos Cruz, que expressou a sua indignação nas redes sociais. “Dra. Manuela Ferreira Leite tenho uma dúvida: se a pena do meu pai tivesse sido de três anos continuaria condecorado?... Já agora, e só em forma humilde de acrescento, caso me permita, é claro: podem tirar-lhe tudo, ou quase tudo, como já tiraram nestes 12 anos (e pelos vistos ainda insatisfeitos continuam a fazê-lo), mas garanto-lhe que a coragem, a força e a CERTEZA COMPROVADA DA SUA INOCÊNCIA (porém não aceite e condenado por convicção através do conceito ao qual o Tribunal apelidou de “ressonância da verdade”) não lha tiram. E também lhe garanto, ou melhor, vos garanto, que 12 anos se passaram e passem mais os que quiserem que ele (meu Pai) se manterá de cabeça erguida e com a dignidade lá no topo... Tão lá no topo, que nenhuma condecoração será capaz de o alcançar. Tenho dito!!!”, escreveu na sua página de Facebook. A VIP contactou Marta Cruz que recusou comentar a polémica em torno do pai, remetendo a sua opinião para as palavras já partilhadas no Facebook.

 

Foi também nessa rede social que Raquel Rocheta, ex-mulher de Carlos Cruz, mostrou a sua revolta. “É por isto que se prendem inocentes neste país e o Carlos é um deles! Que vergonha de Justiça!”, escreveu, partilhando também a ligação para um vídeo polémico associado ao processo Casa Pia.  

 

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Lusa, Impala e DR

Siga a Revista VIP no Instagram