Já a pensar nos presentes de Natal, a Missão Sorriso – Continente lança o Jogo da Leopoldina e o Lince Ibérico, cujas vendas servem para angariar fundos de apoio a instituições que trabalham nas áreas do bem-estar da criança, do envelhecimento ativo e da luta contra a fome. Coube a Cristina Ferreira apresentar este jogo de tabuleiro, num final de tarde que se revelou divertido e onde se juntaram muitas famílias conhecidas.

“Não fazia sentido, para mim, não participar porque já não há Natal sem a Missão Sorriso. O meu filho também já sabe que a Leopoldina, nesta altura no ano, resolve dar o ar da sua graça e, desta vez, é com o jogo, que eu acho uma ideia fantástica para os mais pequenos”, explicou Cristina Ferreira, sorridente, no Continente da Amadora.

De ano para ano, este projeto solidário tem crescido a par e passo com o sucesso da apresentadora que, neste último ano, não para de somar conquistas. Satisfeita, confidencia que o segredo “é o afeto”, algo que põe em todos os projetos em que participa.

“O perfumista que fez o MEU perfume disse-me das frases mais bonitas que eu já ouvi na vida. Ele disse que a diferença é que eu coloco o coração nas coisas que faço e que isso se nota. As pessoas entendem que os projetos são meus de verdade. Eu não dou a cara pelas coisas; eu, de facto, entro nas coisas e faço com que elas sejam minhas”, disse.

No que toca a vendas, o perfume criado por Cristina já superou todas as expectativas: “Toda a gente fala do perfume e ele esgotou nos primeiros oito dias. Fabricou-se cinco vezes mais do que para as celebridades internacionais e o que estava previsto para três meses vendeu-se em oito dias, o que me deixa com um orgulho do tamanho do mundo”.

Texto: Laura Ribeiro Santos; Fotos: Paula Alveno

Siga a Revista VIP no Instagram