Rita Ruaz
“Este filho vem em boa hora e estamos muito felizes”

Famosos

RITA RUAZ e SÉRGIO FONTES estão radiantes com a chegada do bebé à família
Casaram-se há ano e meio e na próxima Primavera vão receber a tão desejada visita da "cegonha".
Rita Ruaz, actriz, de 29 anos, e o marido, Sérgio Fontes, gestor, da mesma idade, celebraram o último Natal apenas a dois. Para o ano, com o nascimento do primeiro filho(a), tudo será ainda mais intenso.

Qui, 30/12/2010 - 00:00

 

Casaram-se há ano e meio e na próxima Primavera vão receber a tão desejada visita da "cegonha".

Rita Ruaz, actriz, de 29 anos, e o marido, Sérgio Fontes, gestor, da mesma idade, celebraram o último Natal apenas a dois. Para o ano, com o nascimento do primeiro filho(a), tudo será ainda mais intenso.

 

VIP – Está grávida pela primeira vez. Como está a correr?

Rita Ruaz – Muito bem. Estou de cerca de três meses e meio e está tudo tranquilo, por enquanto.

 

Foi uma gravidez planeada?

RR – Dentro do possível. Nestas coisas não se pode esperar pelo tempo certo. Isso não existe, principalmente para um actor. Temos de trabalhar sempre, não nos podemos dar ao luxo de ficar seis meses em casa. Mas vem em boa hora. Tínhamos planeado começar a pensar em ter um filho um ano depois de casar. Confesso que não estava à espera de engravidar tão cedo, mas foi o que aconteceu e estamos bastante felizes.

 

Qual dos dois tinha mais vontade de ter um filho?

RR – Acho que os dois. Falámos tantas vezes sobre essa hipótese que já era uma vontade equilibrada.

 

Há alguma preferência pelo sexo?

RR – Antes dizia que gostava de ter um rapaz, mas agora, que estou realmente grávida, acho que prefiro uma rapariga.

 

E nomes? Já se decidiram?

RR – Para rapariga já chegámos a um consenso: Matilde. Agora, se for rapaz, as coisas complicam-se.

 

Têm de consultar aquelas listas...

RR – Já consultámos e mesmo assim não houve nenhum nome que nos agradasse por aí além. Se calhar vou seguir o conselho da minha mãe, que diz para termos dois ou três nomes em carteira e depois olhar para ele e decidir.

 

Como é que está a viver esta gravidez? É um pai muito ansioso?

Sérgio Fontes – Acho que qualquer pessoa fica ansiosa quando sabe que vai assumir o papel de pai pela primeira vez. Já há muito que desejava ser pai e por isso mesmo estou ansioso para conhecer o meu filho. Não me sinto preocupado, pois acredito sempre que vai correr tudo bem. Tenho vivido a gravidez de forma relativamente tranquila e tenho tentado informar-me ao máximo de coisas possíveis para compreender e ajudar a Rita da melhor forma.

 

Para o ano o Natal terá um sentido diferente...

SF – Sem dúvida. Com o bebé que vem a caminho vamos viver o Natal de forma completamente diferente. Será o primeiro Natal como pais. Sendo o Natal uma época dedicada à família, terá com certeza um gostinho especial. Até à data, estive sempre no papel de neto e filho, a partir do próximo ano assumo o papel de pai. Espero poder dar ao meu filho o mesmo Natal que sempre tive. E talvez não me livre de me vestir de vermelho e branco uma vez por ano. Tirando as habituais visitas ao Estádio da Luz, claro...

RR – Temos mesmo de pensar nisso. Não o quero enganar muito... Não gosto muito de ver as crianças enganadas com essa história da existência do Pai Natal. Acho que vai ser uma meia mentira... Vou ter que dar a volta a isso.

 

Têm planos para aumentar a família?

RR – Se puder... Nunca tive irmãos e o Sérgio tem apenas um meio-irmão, mais novo. Talvez por isso, temos a perfeita noção que é essencial ter irmãos. Por experiência própria, digo-o: não é bom ser filha única. Por isso, se a vida o permitir, gostava de ter pelo menos mais um.

 

Texto: Miguel Cardoso; Fotos: Rui Costa; Produção: Romão Correia; Maquilhagem e cabelos: Tita Costa, com produtos Maybelline e L'Oréal Professionnel

Siga a Revista VIP no Instagram