Com o objetivo de estreitar as relações entre as fundações Rainha Sofia e a Champalimaud, no que diz respeito à luta contra as doenças neurodegenerativas, nomeadamente, Parkinson e Alzheimer, a mulher do rei Juan Carlos deslocou-se até Lisboa com um grupo de investigadores espanhóis. 

O colóquio iniciou-se com a visita de Sofia de Espanha às instalações do instituto português, acompanhada pela presidente da Fundação Champalimaud, Leonor Beleza. A rainha passou pelo centro clínico e pelo laboratório de neurociência e teve a oportunidade de conversar com cientistas e médicos espanhóis que trabalham na fundação portuguesa. Mais tarde, os profissionais das duas fundações reuniram-se para estabelecer um programa de cooperação. 

 

Texto: LRS; Fotos: Tito Calado

Siga a Revista VIP no Instagram