Tatiana Franchuk E Manuel Couto Alves
Divórcio de milhões

Nacional

Qui, 11/12/2014 - 00:00

O magnata da construção civil, dono do Grupo MCA, Manuel Couto Alves, de 46 anos, está a ser protagonista de um dos divórcios mais caros de sempre. A sua mulher, a ex-modelo ucraniana Tatyana Franchuk, exige 130 milhões de euros para lhe conceder o divórcio, mas não se fica por aqui em matéria de exigências. Talvez alertada pelo último relatório sobre corrupção no mundo, que coloca Portugal em 31.º lugar, a ex-modelo tem medo de que a decisão não seja justa por estar a ser tomada no país de origem do marido. Citada por um diário britânico, afirma que “nalgumas circunstâncias, o divórcio pode ser movido para um país diferente. Há um precedente criado em Londres em 1984. Por isso, seria melhor para mim que o processo decorresse aqui, porque é onde eu moro”. E disso deve saber a ucraniana, já que anteriormente foi casada com um oligarca da mesma nacionalidade, de quem teve dois filhos...

 

Apesar da fortuna acumulada, Manuel Couto Alves é uma pessoa que dá pouco nas vistas e, para a maioria dos portugueses, o seu nome poderá até não ter grande significado. Dono de um dos maiores grupos nacionais de construção civil, sediado em Guimarães, fez fortuna considerável através de diversos contratos com Angola. Poucas são as pessoas que o veem regularmente na sua cidade natal, onde cada vez passa menos tempo, sabendo-se apenas que já teria sido anteriormente casado com uma portuguesa, de quem terá uma filha. Por seu lado, Tatyana é conhecida na Ucrânia e reconhecida por sua “elegância” e trabalhos no mundo da moda, sendo atualmente negociante de arte.  

 

Texto: Luís Peniche; Foto: DR

Siga a Revista VIP no Instagram