Discussão no Brasil
PJ chamada à TVI para investigar caso Judite Sousa

Nacional

A TVI está a tratar o caso como um ato criminoso

Seg, 05/11/2018 - 13:30

A Polícia Judiciária (PJ) foi chamada à TVI para investigar o «roubo» das imagens de Judite Sousa com o repórter de imagem Ricardo Silva no Rio de Janeiro, Brasil. Esta notícia está a ser avançada em primeira-mão pelo site da Nova Gente. 


A estação de Queluz de Baixo quer descobrir a identidade da pessoa que divulgou as imagens da pivot numa troca de palavras mais acesa com o colega de profissão. Estas imagens, captadas pela câmara da TVI, não foram transmitidas, mas encontravam-se no servidor interno. O vídeo foi parar à CMTV, o que levou a TVI a tratar o caso como um ato criminoso. Saiba mais pormenores sobre esta investigação no site da Nova Gente.


Nas imagens ouve-se Judite Sousa  a dizer para Ricardo Silva: «Anda para ali debaixo da árvore. (...) Desculpa dá! Não voltas a fazer isso. Quem manda aqui sou eu! Quem manda na equipa sou eu, não é Lisboa. Tens de fazer aquilo que eu quero que tu faças e não é Lisboa que decide!»

Judite Sousa justifica «discussão» com fotofobia 


No Instagram, Judite Sousa já justificou o que aconteceu no Brasil. «Considerando a gravidade de terem sido 'roubadas' imagens de uma conversa de trabalho normal entre uma jornalista e um repórter de imagem sobre o melhor local para se efetuar um direto (algo que não teria qualquer importância se a jornalista em questão não fosse a Judite Sousa, vá-se lá saber porquê), gostaria que soubessem por mim que tenho um problema de visão a que os oftalmologistas chamam 'fotofobia'. Decorre dos níveis de vitamina A que se refletem na retina. Nestes casos, a exposição ocular à luz torna-se muito difícil. Por vezes, mesmo impossível. E agora, fiquem em paz». 

Leia as declarações exclusivas de Ricardo Silva aqui.

Fotos: Reprodução Redes Sociais 

Siga a Revista VIP no Instagram