David Carreira
Realizado na música e no amor: «Estou muito feliz, estamos muito felizes»

Nacional

Aos 27 anos, David Carreira prepara-se para enfrentar o maior desafio profissional: estrear-se no icónico pavilhão dos grandes concertos. A par disso, o cantor confidencia à VIP estar feliz ao lado de Carolina Carvalho e que não voltaria a aceitar um convite para fazer novelas...

Sex, 31/05/2019 - 08:00

David Carreira prepara-se para meses cheios de concertos e para uma tour que termina em grande no Altice Arena, em novembro. O cantor, de 27 anos, vive focado na carreira artística, que lhe deixa pouco tempo livre. A namorar com a atriz Carolina Carvalho, o filho de Tony Carreira diz estar muito feliz. Realizado na música e no amor, não pensa voltar à televisão como ator... E representar Portugal na Eurovisão também está fora de questão.

Revista VIP - Este é um ano muito especial para a sua carreira, dado que em novembro pisa pela primeira vez o palco do Altice Arena...
David Carreira – Para qualquer cantor é possivelmente um dos concertos mais importantes de uma carreira e, para mim, também é o caso, daí querer um espetáculo muito especial. Este ano tenho muitas datas durante a tour toda, já temos 50 concertos. A ideia de acabar no Altice Arena e de fazer um concerto 360º, com um palco no centro da Arena, é proporcionar uma experiência completamente diferente. A ideia de estar no centro é estar mais próximo do público... 

É o artista mais jovem a chegar ao Altice Arena. Como é que um jovem de 27 anos chega aqui?
Com muito trabalho. Desde 2011 para 2019 lancei sete álbuns. Estou sempre em estúdio, em digressões, sempre a criar e divirto-me imenso a fazer isso. Tento sempre trazer coisas novas, concertos novos, músicas novas, conceitos novos para álbuns. Arrisco cada vez mais. 

Disse-me que aproveita para dormir durante as viagens. Dada a intensa agenda, consegue ter o tipo de atividades normais para um jovem de 27 anos?
Não, de todo.

Vive só focado na carreira?
Neste momento, sim, muito focado. Mas é obvio que também consigo fazer atividades de um jovem de 27 anos. Esta fase é de mais trabalho. Este verão vai ser passado entre viagens e palcos. Mas divirto-me imenso, é a vida que eu escolhi, esta de estar sempre a mil.

Não há momentos em que pensa 'eu devia ter sido era futebolista ou apostado no meu curso de gestão'?
Não, divirto-me imenso a fazer isto. Quando tens a sorte de poder fazer aquilo que gostas... quando estás em cima do palco e as pessoas conhecem as letras do início ao fim... aproveito para conhecer artistas de quem sou fã e fazer duetos com eles... é uma profissão cansativa.

A sua namorada, Carolina Carvalho, vai acompanhá-lo nesta tour pelas terras de Portugal? 
Este ano vou fazer a digressão com a Sara, com a minha irmã. Ela vai acompanhar-me em alguns concertos porque temos uma música juntos – Gosto de Ti - que tem corrido muito bem. Nesta música eu falo que, mesmo estando longe, eu estou aqui. Escrevi aquela música porque senti que pelo facto de estar sempre a correr, nem sempre tinha tempo para estar com a minha família. E o engraçado é que, como temos os dois uma música juntos, isso permite que partilhemos uma digressão.

A minha pergunta era sobre a sua namorada, não era sobre a sua irmã... 
Eu sou muito bom a fugir às perguntas, tenho um mestrado e vou tentar ser professor brevemente (risos).

A vossa relação foi tornada pública através de uma entrevista. Durante muito tempo, o David não falava abertamente das suas relações e só há pouco tempo é que começou a fazê-lo e foi com a Carolina Carvalho... O que o levou a dar este passo só agora?
Vou tentar responder da forma simples. Escrevi uma música que se chama Do Jeito Dela, que é para a Carolina.  Achei que nessa altura fazia sentido, a partir da música. A minha única forma de dizer as coisas que sinto, dado que sou bastante fechado... A forma mais fácil de dizer as coisas que sinto é através da música. Achei que fazia sentido. Foi  também uma forma de apagar qualquer tipo de boatos e não se falar mais sobre o assunto. Há coisas que são nossas e quero que se mantenham assim.

A Carolina Carvalho faz par romântico com o João Paulo Rodrigues na série Golpe de Sorte. Como é ver a sua namorada em pleno envolvimento físico com uma ator?
Não vou falar sobre isso. A única coisa que tenho para dizer é que estou muito feliz, estamos muito felizes e isso está bem assim. 

Tem projetos pessoais?
Não tenho projetos pessoais. 

O Festival da Canção e a Eurovisão aconteceram há pouco tempo. São cada vez mais os artistas, alguns até com uma carreira muito sólida, a participar neste concurso. Imagina-se a concorrer?
Sinceramente não, apesar de achar piada, gostar de ver e até achar que têm produções gigantescas. Mas não me via a apresentar uma música no Festival da Canção, é algo que não faz parte dos meus objetivos por enquanto, mas é algo que respeito... Acho importante apostar nisso para que haja músicas com qualidade.

O seu pai, o Tony Carreira, está a fazer uma pausa na carreira por «tempo indeterminado». Ele vai estar no Altice Arena e pisar o palco com o filho?
Sinceramente, não sei. Os convidados que já estão confirmados são a Sara [Carreira], MC Zuka, Nuno Ribeiro, Kell Smith e Deejay Télio, mas até lá podem surgir muitas pessoas.

Pensa em voltar à carreira de ator? 
Eu estou muito focado na música, mas se surgir um projeto que faça sentido, porque não? Não me vejo a fazer uma novela, do início ao fim, porque não sou mega fã do conceito de novela... 

Mas participou nos Morangos com Açúcar e em Louco Amor...
 Apesar de o ter feito na altura, é algo que não me revejo a fazer. Agora se for uma série, algo que se aproxime mais daquilo que eu gosto, como o Game of Thrones... aí se surgir um convite destes... Até lá, estou focado nos meus projetos de verão, que são concertos, churrascos e jantares em família. 

E namorar?
Sem dúvida, sem dúvida...

Texto: Ricardina Batista; Fotos: Paula Alveno   

Siga a Revista VIP no Instagram