Cristina Ferreira
Médico de Cristina Ferreira faz apelo: “Temos de cortar a cadeia de transmissão”

Nacional

Almeida Nunes, médico de Cristina Ferreira, faz apelo aos portugueses a pedir que fiquem em casa neste domingo de sol

Dom, 15/03/2020 - 16:46

Ver Video

Cristina Ferreira partilhou um intenso apelo do médico Almeida Nunes, o clínico que frequentemente recebe no seu programa da SIC. Almeida Nunes pede aos portugueses que fiquem em casa “neste domingo de sol” para “cortar a cadeia de transmissão” do coronavírus.

Recorde-se que Cristina Ferreira e outros profissionais da SIC estão em casa de quarentena voluntária. A estação de televisão decidiu cancelar temporariamente vários programas, nomeadamente o matutino da estrela da Malveira. Cristina Ferreira já se mostrou assustada com o aumento de casos da Covid-19 em Portugal. 


“Meus queridos amigos e amigas, portugueses, está um lindo dia de sol, é domingo, esta coisa do coronavírus pode ser que não nos bata à porta. Portanto, vamos dar uma voltinha à esplanada, vamos levar as crianças à rua, vamos, apesar de tudo, falar com o nosso vizinho de baixo ainda que a distância... Não! É um erro”, diz Almeida Nunes no vídeo. 

“Vamos ficar em casa, vamos prevenir a doença, temos de cortar... Portugal tem de cortar esta cadeia de transmissão porque se nós tivermos muitos casos -  como estamos a aumentar diariamente de uma forma exponencial  - se nós tivermos muitos casos de repente, corremos o risco do nosso Serviço Nacional de Saúde não poder dar resposta. E depois pode ser dramático, porque podemos ter de fazer opções. Isto é, entre três ou quatro doentes que necessitam de ventilação, por exemplo, temos de escolher aqueles que tem maior ou menor capacidade e probabilidade de sobrevivência. O que sucede é que vamos entrar no verdadeiro dramatismo do sistema de saúde”, explica.

“Portanto todos nós portugueses, somos um País extremamente consciente, vamos conseguir cortar esta cadeia de vírus. Vamos ficar em casa, não vamos a casa da vizinha pedir um raminho de salsa ou dizer 'como está o seu menino?'. Vamos ficar em casa, por favor. Este é um apelo – eu não diria dramático – mas muito intenso do vosso amigo Almeida Nunes”, termina. 


Texto: Ricardina Batista; Fotos: Reprodução redes sociais 

Siga a Revista VIP no Instagram