Cristina Ferreira
Faz piada sobre episódio de Maria Cerqueira Gomes no Você na TV!

Nacional

Cristina Ferreira foi a primeira entrevistada do programa Virar o Jogo, do Canal 11. A apresentadora falou de Manuel Luís Goucha e ainda fez uma piada sobre Maria Cerqueira Gomes.

Sex, 20/09/2019 - 13:50

Cristina Ferreira foi a primeira convidada a pisar o estúdio do novo programa do Canal 11, Virar o Jogo. Iva Domingues é quem conduz o formato com a ajuda do ex-companheiro, Ângelo Rodrigues, que é DJ e tem a função de meter as melhores músicas para cada altura do programa.

«Eu quero estar sozinha» foi a segunda escolha do ator da SIC. Cristina Ferreira ouviu e afirmou, perante todos, mostrando estar atenta ao trabalho de Maria Cerqueira Gomes. «Isto é da Ágata, mas foi a Maria que usou quando ficou sozinha sem o Goucha», disse.

Em abril, deste ano, Maria Cerqueira Gomes enfrentou um grande desafio, quando voltou de férias do Brasil. O de apresentar o Você na TV, mas sem Manuel Luís Goucha. O apresentador da TVI foi de férias para o Alentejo, assim que Maria chegou dos dias de descanso dela. O primeiro programa que apresentou sozinha foi no mesmo dia em que Ágata abriu o formato das manhãs com a música Sozinha. Isto foi há cerca de cinco meses e demonstra que Cristina Ferreira está atenta e acompanha o trabalho dos colegas da outra estação.

«Sabia que o Cláudio era a minha contracena certa»

Com esta deixa, Iva Domingues perguntou a Cristina Ferreira se prefere apresentar sozinha os programas. A vizinha de Cláudio Ramos respondeu que «não», mas que, neste momento, está. «É outra dinâmica. Eu gosto de conduzir sozinha as entrevistas porque sou eu que escolho o caminho da conversa, mas eu e o Manuel fomos os dois companheiros e nunca combinamos nada. Tudo aquilo que foi a nossa dupla foi na base do improviso e daquilo que cada um já conhecia um do outro», admitiu.

Cristina Ferreira só tinha um conhecimento do Cláudio muito breve, apenas do que via em televisão, mas sabia que queria criar um vizinho no programa da SIC e que era o Cláudio o ideal para essa função. «Sabia que era ele a minha contracena certa. A contracena é a pessoa que sem tu precisares de dizer o que quer que seja já sabe que caminho é que tu queres para aquele momento de televisão», elogiou Cláudio Ramos. E, ainda, acrescentou: « E nisso, eu tenho tido muita sorte na vida. A dupla Manuel e Cristina foi muito marcante, provavelmente mais nenhuma nas nossas vidas se compare daquela forma», contou.

«Há muita falsidade no meio da televisão»

Durante a conversa entre as duas colegas e amigas, Iva Domingues lembrou uma frase de Cristina Ferreira e pediu à apresentadora da SIC para explicar o motivo porque a teceu. «A televisão é uma guerra». «É uma guerra constante e é o lado que menos gosto na televisão, mas é um lado que entusiasma de alguma forma porque quando sentes que estás numa competição ninguém gosta de perder. Eu gosto de ganhar com bons produtos», justificou.

Cristina Ferreira revelou que é uma pessoa muito «exigente», mas que nos últimos tempos tem tentado mudar isso. «Sei que algumas equipas do meio que trabalharam comigo acham que sou muito dura e ríspida a falar e eu tenho essa noção que em momentos da minha vida falei de forma mais ríspida, mas sei que hoje essas equipas têm muitas saudades de trabalhar comigo», contou.

«Não gosto do meio da televisão porque as pessoas são feias por dentro, são más. Nós lidamos com egos e isso faz, com que muitas vezes, não tenhamos noção do que somos e daquilo que podemos alcançar e do caminho que podemos percorrer. Eu costumo dizer que eu sei muito bem que não seria uma boa contabilista. Eu odeio papéis e não ia por esse caminho. Eu não tenho medo de dizer, eu acho que há muita falsidade neste meio e eu não gosto de lidar com essas pessoas. Isso é a única coisa que me entristece», disse Cristina Ferreira, sem rodeios.

Texto: Redação WIN - Conteúdos Digitais; Fotos: Reprodução Instagram

Siga a Revista VIP no Instagram