Cristina Ferreira
Arrasada após publicação anti-racismo: «Só para ficar bem na fita!»

Nacional

Cristina Ferreira aderiu à campanha anti-racismo #blackouttuesday e acabou por gerar polémica: «Depois de dias a publicar os seus vestidos, pronunciar-se assim só para 'inglês ver' fica-lhe muito mal!»

Qua, 03/06/2020 - 10:23

Cristina Ferreira aderiu, tal como muitas outras figuras públicas em todo o mundo, à campanha #blackouttuesday, que tem por objetivo alertar para a necessidade de combater o racismo, principalmente depois da morte de George Floyd, o homem negro, de 46 anos, que foi asfixiado até à morte por um polícia, em Minneapolis, EUA.

A estrela da SIC partilhou esta terça-feira, 2 de junho, uma imagem com fundo preto no feed do Instagram para mostrar que faz parte deste movimento, mas esta publicação acabou por provocar polémica na caixa de comentários. Os seguidores de Cristina Ferreira acusam-na de «apagar comentários» negativos e de fazer este tipo de publicações «para ficar bem na fita.»

«Apaga os comentários que não lhe agrada... ridícula», «Para quem teve e tem a oportunidade de sensibilizar contra o racismo e nunca o fez, vem agora postar este hashtag só para ficar bem na fita! Porque é que está a apagar os comentários de algumas pessoas aqui?», «Quando morreu o homem no Seixal não vi esta sensibilização!», «Está a apagar os comentários das pessoas que não lhe gabam! Postou este hashtag só porque é moda!», pode ler-se na caixa de comentários.

«Pronunciar-se só para 'inglês ver' fica-lhe muito mal»

Mas os seguidores não ficaram por aqui e houve quem fosse mais longe e a acusasse de querer «capitalizar» com o tema racismo.

«Depois de dias a publicar os seus vestidos e a sua vida como se nada fosse, durante uma ebulição mundial contra o racismo, pronunciar-se assim só para 'inglês ver' fica-lhe muito mal. Se for preciso faz uma capa da sua revista sobre o racismo e ainda capitaliza com isso, mas usar a sua plataforma para partilhar as petições devidas, para espalhar apoio? Não. Isso não ficava bem no feed e vendia menos vestidinhos. Tenha vergonha!», escreveu uma seguidora.

«A minha paciência chegou ao fim! Sempre tive admiração por si. Ao longo destes dias em nada se manifestou sobre os protestos nos EUA. Nada partilhou nem comentou sobre as injustiças a que os negros estão sujeitos todos os dias, principalmente nos EUA! Não usou as suas redes sociais nem o seu programa para denunciar o racismo intrínseco, quer em Portugal, quer pelo mundo inteiro. Só lhe interessam alguns assuntos... ou tem medo que parte da sua audiência a "cancele" por dizer o que pensa? Esperava mais de si!», retorquiu outra.

Apesar dos vários comentários negativos, também houve quem aplaudisse a atitude de Cristina Ferreira.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reprodução Instagram

VEJA AINDA: Conceição Queiroz desfaz-se em lágrimas ao noticiar a morte de George Floyd

LEIA TAMBÉM: Polícia morto a tiro nos protestos pela morte de George Floyd

Leia a VIP sem sair de casa

Vivemos tempos de exceção, mas mesmo nestes dias em que se impõe o recolhimento e o distanciamento social, nós queremos estar consigo. Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador. . . .

Eis os passos a seguir:

 

1 - Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 - Escolha a sua revista

3 - Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 - Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 - Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 - Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

 

 

Siga a Revista VIP no Instagram