Cristiano Ronaldo já foi ouvido pela juíza Mónica Gomez, no tribunal de primeira instância de Pozuelo de Alarcón, em Madrid. O futebolista prestou declarações durante hora e meia no âmbito do processo que o acusa de fraude fiscal. Contudo, à saída não prestou declarações aos jornalistas o que gerou um incidente.

Quando o responsável pela comunicação de CR7 anunciou que o avançado já estava “a caminho de casa” ouviram-se vários apupos vindo da parte dos jornalistas, que esperaram pelas declarações, que estavam prometidas. Cristiano Ronaldo entrou e saiu pelas traseiras e nada disse, ao contrário do que estava previsto.

Os esclarecimentos devem acontecer através de um comunicado, dentro de 30 minutos. Recorde-se que esta é a maior cobertura jornalística de sempre por parte dos meios de comunicação espanhóis à porta de um tribunal. O internacional português defende-se de acusações de delito fiscal que, alegadamente, lesaram o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros. 

A mãe, Dolores Aveiro, já reagiu à presença do filho em tribunal. Ao lado da filha Katia, Dolores Aveiro mostrou-se sorridente e desejou um bom dia aos seguidores. A matriarca da família de CR7 falou em “paz”, “amor” e “saúde”, ao mesmo tempo em que evocou Deus. “Bom dia, que a vossa semana seja repleta de paz amor e muita saúde”, escreveu, acrescentando as hashtags #Deus é meu guia sempre” e “família meu tesouro”. 

 

Veja também:

Siga a Revista VIP no Instagram